1. Home
  2. Notícias
  3. Unicamp publica gabaritos da 1ª fase do Vestibular 2019

Unicamp publica gabaritos da 1ª fase do Vestibular 2019

Etapa foi marcada por questões que abordaram temas atuais, como fascismo, liberdade de expressão e ditadura militar.

Publicado por Adriano Lesme em 22 de Novembro de 2018 às 10:22 em Notícias

Compartilhe


A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou nesta quinta-feira, 22 de novembro, os cadernos de provas e os gabaritos da primeira fase do Vestibular 2019. A etapa foi realizada no último domingo, 18.

Baixe aqui as provas e gabaritos da Unicamp

Uma questão de Matemática foi anulada:

questão 60 – prova Q e X
questão 35 – prova R e Z
questão 14 – prova S e Y
questão 33 – prova T e W

Segundo a Unicamp, "a resposta prevista para a questão é a alternativa c (5,5) – média aritmética mínima necessária para aprovação nas condições descritas. Sem a referência explícita no enunciado à “média aritmética mínima”, as alternativas a e b são também corretas. Buscando preservar a transparência do processo diante de eventuais dúvidas, a Comvest decidiu anular a questão e atribuir a pontuação correspondente a todos os candidatos, conforme prevê o Artigo 27 do Edital do Vestibular Unicamp 2019".

Abstenção

Dos 76.319 inscritos no Vestibular 2019 da Unicamp, 6.558 candidatos não compareceram às provas de domingo, gerando uma abstenção de 8,6%. No ano passado, o índice de faltosos foi de 9,2%.

Quem compareceu teve que responder 90 questões de múltipla escolha, distribuídas entre as disciplinas de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia (incluindo Filosofia e Sociologia), Física, Química, Biologia, Inglês, além de 12 questões interdisciplinares.

As provas foram aplicadas em 30 cidades paulistas e em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza e Salvador.

Como foi a 1ª fase

A primeira fase não se furtou de abordar temas atuais. Destaque para questões que envolveram racismo, democracia e fascismo, ditadura militar, aquecimento global, crescimento da violência no Brasil e feminismo.

“Várias questões trouxeram temas importantes sobre a diversidade e o debate de ideias, a promoção do respeito e da convivência democrática. Desta maneira, a Unicamp está sinalizando a valorização da cidadania." (José Alves de Freitas Neto, coordenador executivo da Comvest)

De acordo com Célio Tasinafo, diretor pedagógico do Colégio Oficina do Estudante, de Campinas, a primeira fase refletiu o momento histórico do Brasil, relacionando conteúdos essenciais do Ensino Médio aos principais desafios políticos e sociais.

Célio comenta que a prova demonstrou aos jovens que o estudo não serve apenas para passar no vestibular. "Pelo contrário, se estuda para compreender nossa complexa e polarizada realidade sócio-política."

A única crítica de Célio foi em relação à prova de Matemática. "A parte de matemática parecia realmente de outro mundo, um mundo de números e símbolos divorciados da realidade dos alunos. Não foi igual a prova do Enem, que aproximou os números à realidade dos estudantes", conclui o diretor pedagógico.

Segunda fase

O resultado da primeira fase será publicado no dia 10 de dezembro, quando serão informados também os locais de prova da segunda etapa.

Os classificados para a segunda fase farão provas discursivas entre os dias 13 e 15 de janeiro 2019. Para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança serão aplicados testes de habilidades específicas de 21 a 25 de janeiro.

O resultado final do Vestibular 2019 da Unicamp será publicado no dia 11 de fevereiro.

Vagas

O Vestibular 2019 da Unicamp oferece 2.589 vagas em 69 cursos de graduação, em Campinas, Limeira e Piracicaba. Esse número representa 80% das vagas regulares, já que a partir deste ano, o preenchimento dos outros 20% será por meio do Enem.

Há também 72 vagas oferecidas no Vestibular Indígena e 90 para participantes de olimpíadas científicas e competições de áreas específicas.

Entre 25% e 37,2% das vagas de cada curso são reservadas para cotistas pretos ou pardos. Além disso, por meio do Programa de Ação Afirmativa para Inclusão Social (PAAIS), a Unicamp oferece bônus na primeira e segunda fase para candidatos de escolas públicas.

Para mais informações, acesse o Edital do Vestibular 2019 ou o site da Comvest, organizadora do vestibular.

VEJA TAMBÉM

1 2