Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Após denúncias, UFMG adota medidas para evitar fraudes no Sistema de Cotas

Após denúncias, UFMG adota medidas para evitar fraudes no Sistema de Cotas

Autodeclarados pretos, pardos e indígenas terão que informar porque se encaixam nas ações afirmativas

Publicado por Lorraine Vilela Campos
26/09/2017 15h20 , atualizado em 26/09/2017 16h22

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) anunciou na noite de ontem, 25 de setembro, a implantação de medidas de acompanhamento das ações afirmativas após denúncias de fraudes no sistema de cotas.

Entenda a Lei de Cotas

Veja tambémUFRGS cria novas cotas e anuncia criação de comissão para avaliar critério de raça

O posicionamento da UFMG veio após a divulgação da reportagem da Folha de São Paulo que denunciou estudantes brancos se passando por negros e pardos para entrarem na universidade pelas cotas raciais. O veículo mostrou na denúncia os alunos de Medicina Vinicius Loures, Bárbara Facchini e Rhuanna Laurent.

A estudante Rhuanna Laurent se pronuciou sobre a acusação em uma rede social. No entanto, excluiu seu perfil após a publicação. 

Rhuanna se justificou em uma rede social

Medidas

A UFMG se pronunciou por meio de uma nota em seu site, na qual informa que os casos de supostas fraudes foram denunciados em julho e as investigações seguem em sigilo. 

Para 2018, a UFMG exigirá dos estudantes que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas o preenchimento presencial da autodeclaração de etnia, na qual eles deverão indicar o motivo pelos quais se reconhecem como pertencentes a um destes grupos étnicos. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em relação à renda, a UFMG já faz a conferência das informações dos candidatos por meio de documentos e comprovantes no momento da matrícula institucional. 

Foto do estudante Vinícius Loures no site Couch Surfing

Ingresso na UFMG

O ingresso na UFMG é feito pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), método que exclui a realização de provas e utiliza apenas as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As vagas oferecidas pela UFMG se dividem em ampla concorrência; estudantes de escolas públicas independente de renda e etnia; alunos da rede pública com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa; estudantes de escolas públicas de baixa renda autodeclarados pretos pardos e indígenas; alunos da rede pública autodeclarados pretos, pardos e indígenas que não são de baixa renda. 

Apenas os cursos que exigem a verificação de habilidades específicas não participam do SiSU. Neste caso, a parte teórica geral é avaliada pelas provas do Enem e testes específicos são aplicados pela UFMG. 

Mais informações no site da UFMG

Veja também

Enem 2020: inscritos com Coronavírus poderão solicitar reaplicação das provas
Poderá fazer solicitação quem estiver com Covid-19 e outras doenças infectocontagiosas até um dia antes das provas, marcadas para 1º e 8 de novembro

São Paulo: abertas inscrições para Vestibular 2020/2 de Medicina da USCS
Processo seletivo que oferece 60 vagas em São Caetano do Sul está marcado para dia 21 de junho

Inep registra mais de 320 mil pedidos de isenção de taxa no Enem 2020
O prazo segue aberto até o dia 17 deste mês. Vale lembrar que o prazo para solicitar isenção para o Enem provas tradicionais e para o Enem Digital é o mesmo.

Veja datas dos Vestibulares 2021 da Unicamp
Instituição divulgou cronograma dos processos seletivos tradicionais, via Enem, Indígena e por vagas olímpicas

Enem 2020: sistema para solicitação de isenção não está funcionando corretamente
Já no início do processo, quando solicitado o número do CPF do candidato e a data de nascimento, o estudante encontra erro, não conseguindo prosseguir no cadastro.

Inscrições para pedidos de isenção de taxa do Enem 2020 estão abertas
Os participantes precisam ter a documentação que comprove o direito à gratuidade da taxa de R$ 85. Vale lembrar que o prazo para solicitar isenção para o Enem provas tradicionais e para o Enem Digital é o mesmo.

Seleções dos Vestibulares 2020/2 do IFF estão suspensas
Instituto tomou medida devido à pandemia do novo coronavírus. Com isso, todo o cronograma está suspenso, inclusive as inscrições que seriam finalizadas na segunda (06)

UEM suspende Vestibular de Inverno 2020
A medida foi tomada respeitando as recomendações de isolamento domiciliar da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

Secretários da educação pedem adiamento do Enem 2020
UNE e Ubes também acreditam que provas do maior exame educacional devem ser alteradas

Enem Digital: aplicação do novo formato será ampliado para atender as 27 unidades da Federação
A medida está entre as demandas recebidas durante o dia de ontem pelo Inep, e tem como objetivo levar o Enem Digital, para todo o Brasil.

Cederj está com inscrições abertas para o Vestibular 2020/2
Os interessados podem se inscrever até o dia 14 de maio. A taxa de inscrição é de R$ 69 e poderá ser paga até o dia 15 seguinte.  

UERJ suspende calendário do 1º Exame de Qualificação (EQ) do Vestibular Estadual 2021
A UERJ comunicou ainda que um novo calendário será divulgado e, por isso, as datas anunciadas anteriormente deverão ser desconsideradas.