1. Home
  2. Notícias
  3. Taxa de inscrição do Enem 2015 custará R$ 63

Taxa de inscrição do Enem 2015 custará R$ 63

Desde 2004, a taxa era de R$ 35. Inscrições começam em 25 de maio.

Publicado por Silvia Tancredi em 14 de Maio de 2015 em Notícias

Compartilhe

A taxa de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 quase dobrou em relação à cobrada na edição do ano passado. Agora, os estudantes vão pagar R$ 63. Desde 2004, a taxa era de R$ 35. O valor foi divulgado pelo ministro da educação, Renato Janine Ribeiro, na tarde de hoje, 14 de maio, em Brasília.

Segundo Janine, o aumento de R$ 28 na taxa de inscrição é para pagar as provas dos participantes que não têm isenção de taxa, o que representou na edição passada aproximadamente 25% do total de inscritos. “Esse novo valor vai nos gerar arrecadação de R$ 60 milhões a mais em relação a 2014”, afirmou.

Candidatos da rede pública continuam isentos de taxa de inscrição, mas o ministro enfatizou que, caso eles faltem em alguma das edições do Enem, perderão o direito à gratuidade. “Quem receber isenção e não comparecer às provas deste ano vai ter que pagar a taxa do Enem 2016, se for participar”, alertou. Em 2014, do total de inscritos (8.721.946), mais de 2,4 milhões faltaram nas provas, o que representa 28,6%. E dentro desse universo 65% eram isentos de taxa. 

Outra mudança na edição de 2015 do Enem é em relação aos cartões de inscrições dos participantes.  Até o ano passado, eles eram enviados pelos Correios. Agora, os documentos estarão disponíveis para impressão no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O ministro explicou que, com essa mudança, haverá economia de mais de R$ 18 milhões em papel. Anteriormente, eram gastos quase R$ 80 milhões no processo de impressão e envio dos cartões.

O edital do Enem será publicado na próxima segunda-feira (18). Segundo o MEC, as inscrições serão recebidas de 25 de maio a 5 de junho e as provas serão aplicadas em 24 e 25 de outubro.  

Saiba mais sobre o Enem 2015

Quem faz as provas do Enem pode aproveitar as notas para ingressar em instituições superiores e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os estudantes podem, ainda, obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.

VEJA TAMBÉM

1 2