1. Home
  2. Notícias
  3. Novo exame para certificação do ensino médio será criado pelo MEC

Novo exame para certificação do ensino médio será criado pelo MEC

Apesar da definição para este ano, ainda não foi divulgado nenhum cronograma

Publicado por Érica Caetano em 23 de Março de 2016 em Notícias

Compartilhe

O Ministério da Educação (MEC), por meio do seu ministro, Aloizio Mercadante, anunciou ontem, 22 de março, que criará neste ano um novo exame específico para certificação do ensino médio. Terão como foco aqueles estudantes que ainda não concluíram o ensino médio com mais de 18 anos, tendo ênfase aqueles matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Apesar da definição para este ano, ainda não foi divulgado nenhum cronograma bem como a data de aplicação em que isto deverá acontecer.

Hoje, é possível que os estudantes que atendam ao perfil citado acima solicitem a sua certificação por meio das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde que esta opção seja sinalizada no ato da inscrição e o candidato consiga obter, pelo menos, 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento das provas, além da nota superior a 500 pontos na redação. 

Com a nova prova, a certificação via Enem continuará valendo, só será acrescida esta nova oportunidade. De acordo com o ministro, 900 mil candidatos em média solicitam a certificação anualmente e em torno de 11% conseguem a mesma, obtendo os resultados exigidos como pré-requisitos. Para Mercadante, “o Enem é muito pesado para quem está só se certificando”.

Dados EJA

O MEC aproveitou para apresentar os dados do Censo Escolar de 2015, com números referentes a educação de Jovens e Adultos. Segundo o órgão, há 3.431.829 estudantes nesta modalidade, sendo que 1.269.984 se concentram no ensino médio, sendo a idade média dos estudantes de 23 anos para escolas urbanas enquanto 24 em escolas rurais.

Além disso, houve uma diminuição no que se refere as matrículas no EJA em mais de 1,5 milhão desde o ano de 2007. Em 2015 eram 3,4 milhões e este ano, 4,9 milhões. A meta ideal é que os estudantes terminem o ensino básico entre 17 e 18 anos e que frequentem o ensino regular.

*com informações da Agência Brasil

VEJA TAMBÉM

1 2