Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. MPF no Ceará entra com ação pedindo anulação da redação do Enem 2016

MPF no Ceará entra com ação pedindo anulação da redação do Enem 2016

Participante foi preso durante as provas com um rascunho da redação e ponto eletrônico.

Publicado por Adriano Lesme
08/11/2016 09h32 , atualizado em 08/11/2016 10h25

Na noite de ontem, 7 de novembro, o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE), por meio do procurador Oscar Costa Filho, pediu a anulação da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, realizado no último final de semana, dias 5 e 6.

O motivo do pedido é um suposto vazamento do tema da redação no Ceará, onde um participante foi preso pela Polícia Federal (PF) durante as provas com rascunho da redação dentro do bolso e com ponto eletrônico. O participante afirmou que recebeu o tema horas antes da prova, o que, na visão do procurador, confirma o vazamento.

Oscar Filho também cita na ação que o tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” é semelhante ao da prova falsa do Enem 2015 que circulou nas redes sociais às vésperas da edição do ano passado. O tema da prova falsa era “Intolerância religiosa no Brasil” e um dos textos de apoio era uma pesquisa que também está na proposta da redação do Enem 2016.

Veja outros casos de fraudes no Enem

Na ação, o procurador pede a concessão de liminar para suspender os efeitos da validade jurídica da prova de redação do Enem 2016 até o julgamento do mérito, que será julgada pelo juiz titular Ricardo Cunha Porto, da 8ª Vara Cível da Justiça Federal no Ceará. Oscar Filho afirma que, caso o vazamento seja comprovado, o tratamento isonômico entre os candidatos teria sido desrespeitado.

Prova falsa

Em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou que o tema da redação do Enem 2016 não é mesmo da prova falsa do Enem 2015. Segundo o órgão, o tema da prova falsa “não permite que o participante desenvolva uma proposta de intervenção na realidade, respeitando os direitos humanos, o que contraria os pressupostos metodológicos previstos no Edital do Enem”. 

Já o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), acusou partidos de oposição de tentarem tumultuar o Enem. “Não houve vazamento, é um suposto vazamento. Os temas são absolutamente distintos. E se fosse, não caracterizaria vazamento. É uma interpretação absolutamente equivocada e eu atribuo isso à mesma rede de difusão e de propagação de informações falsas que de certo modo atuaram para desestabilizar o Enem. Vazamento, quando existe, tem que ter o texto do título da redação e quem se beneficiou desse enunciado. Não houve nem uma coisa, nem outra. Então é mais uma informação falsa, patrocinada por redes patrocinadas por partidos políticos que desde o início queriam boicotar o Enem 2016. Partidos de oposição, claramente, não tenho dúvida”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vazamento no Ceará

Sobre a prisão do participante no Ceará, o Inep e a PF divulgaram a seguinte nota:

1 – As operações deflagradas no domingo, 6, são reflexo da ação conjunta entre as instituições, que trabalham em parceria para garantir a segurança e a lisura do certame;

2 – Os casos identificados, que estão sob investigação, delimitarão a responsabilidade dos envolvidos;

3 – O Inep e a Polícia Federal reiteram o empenho para apurar os fatos e garantir que não haja prejuízo aos participantes do Enem 2016.

Cancelamento

O Super Vestibular tentou contato com o Inep na manhã desta terça-feira, 8, questionando sobre um possível cancelamento da prova da redação ou até mesmo de todo o Enem 2016. Até o momento, não obtivemos resposta.

Procurador

O procurador Oscar Costa Filho foi quem pediu o adiamento do Enem 2016 três dias antes das provas. A ação para remarcar o exame foi impetrada depois do anúncio da suspensão do Enem 2016 para os participantes que fariam provas em escolas ocupadas. Segundo o procurador, a medida visava assegurar que todos os participantes fizessem a mesma prova de redação, garantindo a isonomia do exame.

A Justiça Federal no Ceará negou o pedido e o Enem 2016 foi realizado normalmente. Em sua defesa, o Inep afirmou que em toda edição do Enem há aplicação de provas diferentes, como as aplicadas para privados de liberdade e para participantes que não puderam fazer provas por problemas nos locais de prova, como alagamento e falta de energia.

Desde 2010, Oscar Costa Filho já propôs mais de dez ações judiciais contra o Enem. Ele nunca obteve êxito. Em 2013, a Advocacia Geral da União (AGU) chegou a solicitar à Corregedoria Nacional do Ministério Público a abertura de sindicância para apurar a conduta do procurador.

Veja também

MEC amplia prazo de inscrições para o SiSU 2020/1
Datas foram alteradas para quem tiver problemas por causa de erros apresentados na correção do Enem 2019

UVA (CE) solta resultado do Vestibular 2020/1
Todos os aprovados no Vestibular também deversão se matricular nos dias 17 e 18 de fevereiro, de acordo orientações e documentos exigidos e listados no Edital.

UnB: acesse resultado da 2ª Certificação de Habilidades 2019
Documento é obrigatório para interessados em cursos das áreas de Arquitetura, Artes, Design e Música

IFMT publica 2ª chamada do Vestibular 2020
Convocados devem fazer registro acadêmico a partir de amanhã (21). Prazo segue até dia 23.

Univesp solta relação de aprovados no seu Vestibular 2020
As provas foram aplicadas das 13h às 18h em 1º de dezembro do ano passado para cerca de 55 mil candidatos.

Enem 2019: notas erradas podem atingir até 30 mil estudantes
O Instituto informou, na noite de ontem, que todos os candidatos que se sentiram lesados e quisessem questionar a correção das provas do Enem 2019 deveriam enviar um e-mail específico até às 10h de hoje.

Resultado do PAES 2020 da UEMA está disponível
As provas do PAES 2020 foram aplicadas em 20 de outubro (1ª fase) e 24 de novembro (2ª fase). O cronograma de matrículas e das demais chamadas ainda não foi liberado.

Hoje (20) é o último dia para se inscrever no Vestibular 2020 da Unir (RO)
Somente podem se inscrever estudantes que fizeram o Enem 2019, uma vez que eles serão avaliados por essas notas.

Chegam ao fim as inscrições do Vestibular 2020 da Unifap via Enem
Somente podem se inscrever candidatos que fizeram as provas do Enem 2018 ou 2019, uma vez que eles serão avaliados por meio dessa notas.

Unicamp 2020: provas de Habilidades Específicas começam a ser aplicadas
Devem realizar as provas os candidatos aos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais, Dança e Música.

UFT recebe pedidos de isenção de taxa do Vestibular 2020/2
Os interessados podem fazer a solicitação até o próximo dia 23. É preciso apresentar documentos comprobatórios das condições exigidas pela UFT.

Enem 2019: somente 53 participantes tiram nota 1.000 na redação
"Democratização de acesso ao cinema no Brasil" foi o tema. Notas foram divulgadas no início da manhã de hoje.