1. Home
  2. Notícias
  3. Fuvest finaliza 2ª fase do Vestibular 2019 com 8% de ausentes

Fuvest finaliza 2ª fase do Vestibular 2019 com 8% de ausentes

Provas da segunda etapa foram aplicadas no último domingo e segunda-feira, 6 e 7, em 14 cidades de São Paulo

Publicado por Silvia Tancredi em 08 de Janeiro de 2019 às 07:26 em Notícias

Compartilhe


A Fundação Universitária para o Vestibular da Universidade de São Paulo (Fuvest/USP) encerrou no final da tarde desta segunda-feira, 7 de janeiro, as provas da segunda fase do Vestibular 2019.

No total, 35.371 candidatos foram convocados para as provas, mas 8,1% faltaram. A quantidade de ausentes foi a mesma que o vestibular de 2018.

As provas foram aplicadas no último domingo e segunda-feira, 6 e 7, em 14 cidades do estado de São Paulo. 

No primeiro dia, os estudantes responderam dez questões discursivas de português. As provas desta disciplina tiveram itens que cobravam conhecimentos em quadrinhos, propaganda, música, textos acadêmicos, publicações jornalísticas informativas, poesia e prosa. 

De acordo com Célio Tasinafo, diretor pedagógico do colégio e curso Oficina do Estudante, a prova valorizou o candidato que possuía grande habilidade de leitura e visão crítica apurada sobre o momento histórico em que vive, mas que também tinha conhecimento formal de gramática e literatura.

Redação

Ainda no primeiro dia da 2ª fase do vestibular 2019 da Fuvest, os inscritos produziram uma redação com o tema “A importância do passado para a compreensão do presente”. 

Os estudantes contaram com textos de apoio de Viveiros de Castro e de Walter Benjamin. Também tiveram acesso a coletâneas de poema de Carlos Drummond de Andrade e de escultura de Flávio Cerqueira.

“O tema da redação da Fuvest 2019 poderia ter sido tratado tanto do ponto de vista da importância da memória coletiva quanto a partir da importância do passado e da história para a construção da identidade individual”, avalia Tasinafo. 

2ª dia

No segundo dia da segunda fase do vestibular 2019 da Fuvest, os inscritos responderam 12 questões discursivas de duas a quatro disciplinas específicas ao curso escolhido.

Acesse aqui os cadernos de provas!

Segundo Tasinafo, a prova desta etapa pode ser considerada difícil e trabalhosa, e com a cobrança de alguns assuntos pouco usuais em algumas disciplinas, como é o caso de História.

Na opiniao do coordenador, a prova de Geografia foi a mais atual e contextualizada de todas. Já a prova de História, surpreendeu pela cobrança do massacre Tlatelolco no México em 1968 e da política da Etiópia durante o governo do ditador Selassie.

"O que todos devem lembrar antes de se desesperar e considerar a batalha Fuvest 2019 perdida é que serão aprovados os candidatos com maiores notas, mesmo que tais notas não possam ser consideradas altas em termos absolutos. Portanto, nada de perder as esperanças; convicções sobre aprovação/não aprovação só a partir da divulgação dos resultados", afirma.

Resultado 

O resultado do Vestibular 2019 da Fuvest deve sair no dia 24 de janeiro. São oferecidas 8.362 vagas gratuitas na Universidade de São Paulo (USP). Os cursos são ministrados em São Paulo, Bauru, São Carlos, Lorena, Piracicaba, Pirassununga e Ribeirão Preto.

Esta edição tem 40% das vagas para cotas, ou seja, 2.331. Destas, 1.475 são para estudantes de escolas públicas, independente de etnia, e 756 são para os alunos da rede pública que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas. 

Mais informações no Manual do Candidato e no site da Fuvest.

VEJA TAMBÉM

1 2