Home Notícias FIES 2018: inscrições para 2º semestre abrirão em julho

FIES 2018: inscrições para 2º semestre abrirão em julho

Ministério da Educação informou também mudanças no Fies 1 (público)

Publicado por Silvia Tancredi em 06 de Junho de 2018 às 16:00 em Notícias

Compartilhe

O Ministério da Educação (MEC) anunciou na tarde de hoje, 6 de junho, por meio de coletiva de imprensa, que as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2018 vão abrir na metade de julho. 

Saiba como se inscrever no Fies

O órgão também anunciou novidades relacionadas ao Fies 1 (público), que é o financiamento com juros zero. Para 2018, essa modalidade oferece 100 mil vagas. Desse total, 30 mil já estão preenchidas e 16 mil estão em fase de assinatura de contrato.

Confira abaixo as principais mudanças do Fies público:

Valor mínimo

Agora, os estudantes deverão financiar, no mínimo, 50% do curso. Antes não havia valor mínimo. No 1º semestre, de acordo com o MEC, cerca de 25% dos beneficiados do Fies tiveram o financiamento aprovado em menos de 50% da mensalidade. Em alguns casos, o financiamento aprovado era de menos de 10%. 

Menor mensalidade

Outra novidade do Fies 2018/2 é que, agora, as instituições de ensino serão obrigadas a cobrar do aluno a menor mensalidade do curso. Antes, algumas instituições cobravam uma mensalidade maior do estudante beneficiado pelo Fies. 

Limite máximo 

Ainda segundo o MEC, o limite máximo de financiamento semestral subiu de 30 mil para 42 mil. Essa medida vai beneficiar principalmente estudantes de Medicina, cujas mensalidades chegam a R$ 9 mil em algumas faculdades.

Sobre o Fies

O Fies oferece financiamentos em instituições de ensino superiores particulares. O foco é beneficiar estudantes com baixa renda. 

Após o fim do curso, o estudante começa a pagar as parcelas do financiamento, mas o valor da mensalidade será definida com base na renda familiar.

Para participar do Fies, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter tirado, no mínimo, nota acima de 450 nas provas objetivas sem ter zerado a redação. 

Veja também: tire suas dúvidas sobre o Fies 

VEJA TAMBÉM

1 2