Logo Super Vestibular
  1. Home
  2. Notícias
  3. Enem terá aplicação digital em 2020

Enem terá aplicação digital em 2020

No primeiro ano a aplicação acontecerá em modelo piloto, sendo implantada de forma progressiva e com previsão do Enem Digital estar consolidado em 2026.

Publicado por Érica Caetano
03/07/2019 09h40 , atualizado em 03/07/2019 13h50
Estudantes poderão fazer a prova do Enem em computadores a partir de 2020
Estudantes poderão fazer a prova do Enem em computadores a partir de 2020

O Ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou na manhã desta quarta-feira, 03 de julho, por meio de coletiva de imprensa, que as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão aplicação digital em fase piloto no ano que vem (2020).

De acordo com Weintraub, no primeiro ano a aplicação acontecerá em modelo piloto, sendo implantada de forma progressiva e com previsão do Enem Digital estar consolidado em 2026. Para o Enem 2019 não haverá mudanças.

Para as primeiras aplicações digitais, estas serão opcionais. Sendo assim, os inscritos poderão optar, no ato de inscrição, pela aplicação piloto no modelo digital ou pela tradicional prova em papel. 

No primeiro ano de teste, a previsão é que o modelo digital seja aplicado para 50 mil pessoas em 15 capitais do país.

Confira abaixo as capitais que receberão o Enem Digital em 2020:

•             Belém (PA);
•             Belo Horizonte (MG);
•             Brasília (DF);
•             Campo Grande (MS);
•             Cuiabá (MT);
•             Curitiba (PR);
•             Florianópolis (SC);
•             Goiânia (GO);
•             João Pessoa (PB);
•             Manaus (AM);
•             Porto Alegre (RS);
•             Recife (PE);
•             Rio de Janeiro (RJ);
•             Salvador (BA);
•             São Paulo (SP).

Para o ano que vem, a aplicação continuará sendo feita em dois domingos, nos dias 11 e 18 de outubro de 2020, com os resultados sendo divulgados de forma conjunta. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assim, o Enem terá três aplicações: a digital, a regular e a reaplicação. Este último caso é voltado para candidatos prejudicados por algum problema logístico ou de infraestrutura durante a realização da prova digital. Eles terão direito à reaplicação, que ocorrerá em papel.

Economia de papel

O ministro citou na coletiva sobre a economia de papel que o Enem Digital trará, além do ganho para o meio ambiente.

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), somente em 2019, mais de 10,2 milhões de provas serão impressas para o Enem.

Os custos da aplicação passam de R$ 500 milhões para os mais de 5 milhões de participantes confirmados na edição, contando com 383 milhões de páginas impressas, mais de 490 mil pessoas nos dias de prova, disponibilidade de mais de 150 mil salas em aproximadamente 1,7 mil cidades. 

A expectativa é que o Enem Digital permita a utilização de novos tipos de questões com vídeos, infográficos e até a lógica dos games, além da aplicação das provas em mais municípios.

Mudança progressiva

Em 2021, serão realizadas duas aplicações digitais, em datas distintas, agendadas previamente, também opcionais. A edição servirá como aprimoramento do piloto. Permanecem a aplicação regular e a reaplicação em papel.

Entre 2022 e 2025, o Enem Digital continuará sendo aprimorado e avaliado. O objetivo do Inep é promover até quatro aplicações digitais, em datas distintas, com agendamento prévio e ainda opcional para os participantes.

Tudo isso para que em 2026, a versão em papel seja extinta e o exame siga somente em formato digital.

Veja também

Prazo para se inscrever no Vestibular 2020/1 da FPS é encerrado
A taxa de inscrição é de R$ 90, mas para o curso de Odontologia é de R$ 150 e para o de Medicina, R$ 395.

UFJF libera local de prova do PISM 2020
Mais de 40 mil estudantes vão fazer provas nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro em quatro cidades mineiras e em Volta Redonda (RJ)

Mais cinco universidades portuguesas aceitam o Enem
Estudantes brasileiros que fizeram exame educacional podem ingressar agora em 47 instituições de ensino de Portugal

Inep informa a anulação de uma questão do Enem 2019
O Inep afirma que a anulação de um item, ou mesmo a aplicação de provas com itens diferentes, não compromete o processo de estimação da nota das participantes.

PUC Minas solta resultado do Vestibular 2020/1
Candidatos selecionados devem fazer matrículas na semana que vem, nos dias 25 e 26 de novembro

UERR divulga resultado do Vestibular 2020
Os candidatos que desejarem interpor recursos contra o resultado preliminar do processo seletivo têm entre os dias 21 e 22 de novembro para as solicitações.

UPE divulga gabaritos da 3ª etapa do SSA 2020
Mais de 12 mil candidatos da terceira etapa se inscreveram na seleção, mas mais de 10% faltaram às provas

UFPB terá mais de 7,8 mil vagas no SiSU 2020
Para participar do Sistema de Seleção Unificada, é necessário que o candidato tenha feito as provas do Enem 2019

Cederj publica cartão com local de prova do Vestibular 2020/1
Interessados nas mais de 7,6 mil vagas devem fazer provas no próximo domingo (24), nos polos de oferta dos cursos de graduação

PUC-SP prorroga inscrições do Vestibular de Verão 2020
O processo seletivo está marcado para o dia 1º de dezembro, em São Paulo e em Sorocaba. Os estudantes deverão produzir uma redação e responder 81 questões objetivas de conhecimentos gerais.

UFMG abre inscrições do Vestibular 2020 dos cursos com habilidades específicas
Podem participar os estudantes que fizeram a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O prazo vai até o dia 13 de dezembro. A taxa é de R$ 205.

Gabarito da primeira fase do Vestibular 2020 da Unesp já pode ser acessado
Eram esperados nesta etapa 95.440 inscritos, mas somente 88.194 participantes compareceram, o que resultou numa abstenção de 7,6% dos candidatos.