Logo Super Vestibular

Produção Cultural

O primeiro curso de Produção Cultural no Brasil surgiu em 1995 no departamento de arte da UFF

Publicado por Letícia Oliveira
Produtor Cultural pode atuar na organização de grandes eventos
Produtor Cultural pode atuar na organização de grandes eventos

O curso de Produção Cultural busca formar profissionais capacitados, capazes de atuar no campo cultural de mareira consciente, entendendo a Cultura como uma construção coletiva. O Produtor Cultural é capaz de organizar e gerenciar eventos, mostras e apresentações em todos os âmbitos culturais, além de estar apto a delimitar investimentos para o setor, seja no segmento público ou privado.

A profissão do Produtor Cultural é antiga e sempre existiu, mas somente em 1995 foi criado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) o primeiro curso de graduação em Produção Cultural, o que foi capaz de trazer para a profissão embasamento crítico e teórico.

Público-alvo
Para atuar na área da Produção Cultural, o profissional precisa, acima de tudo, ser interessado pelo mundo das artes e da produção cultural em geral. Disposição, ousadia e sensibilidade são características essênciais para um bom profissional. É sempre bom lembrar que área de produção cultural é ampla, o que permite o profissional escolher o que melhor se encaixa com o seu perfil. 

O curso
O Curso de Produção Cultural busca formar profissionais capacitados para lidar com todas as etapas que envolvam a produção, a organização e a promoção de eventos culturais. Para isso, a grade curricular é formada por matérias como Empreendedorismo, Historia da Arte, Geografia da Cultura, Ciência e Arte, Comunicação e Marketing, Semiótica e Introdução à Produção Musical.

Duração média
Bacharelado – 8 Semestres.

Mercado de Trabalho
A maior oferta de vagas para o produtor cultural é a Região Sudeste, por conta da maior concentração financeira e de eventos, mas os estados do Nordeste, com vocação turística, empregam muitos profissionais da área, principalmente na alta estação. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outra vertente de trabalho para este profissional é a atuação junto às instituições e fundações culturais das empresas privadas. O marketing social e cultural está em alta e várias organizações mantêm programas de desenvolvimento cultural, absorvendo esses profissionais. 

Formas de Atuação
A área de atuação do Produtor Cultural é ampla. O profissional formado é capacitado para: atuar em setores de marketing cultural, desenvolvendo estratégias de investimento em projetos culturais; na curadoria e organização de eventos, mostras e festivais em diversos campos artísticos; contribuindo para a preservação e revitalização do patrimônio cultural; exercer a gerência em instituições públicas e privadas, atuando em centros culturais, galerias de arte, museus, bibliotecas, cinemas e teatros. 

Campos de Atuação
Campo Privado: Produtoras de áudio ou de vídeo; empresas que organizam festivais, mostras e shows.
Serviço Público: Secretarias de cultura, municipais e estatuais ou fundações. 

Regulamentação da profissão
A resolução normativa CRA 374 do Conselho Federal de Administração, em sua alínea "r", cria o registro profissional do produtor cultural, regulamentando assim a profissão.

Remuneração média
R$ 1.800

Exigências para exercício da profissão
Diploma de Nível Superior – Bacharelado em Produção Cultural
Formação de Nível Superior  - Tecnológico em Produção Cultural
Formação em cursos livres ou sequenciais.

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como Obstetriz ou estudante da área. Entre em contato conosco pelo e-mail contato@supervestibular.com.

Veja também

UFSC publica local de prova do Vestibular Unificado 2020
Universidade também liberou a concorrência do processo seletivo: cursos de Medicina, em Florianópolis, Chapecó e Passo Fundo são os mais procurados

Acesse resultado do Vestibular 2020 da Uniube (MG)
Estudantes que fizeram o Enem de 2015 a 2018 ainda podem se inscrever no processo seletivo até fevereiro

Unicap está com inscrições abertas para o Vestibular 2020/1
A Unicap está ofertando 3.910 vagas em 38 cursos no Vestibular 2020/1, sendo 2.920 oportunidades para ingresso no primeiro semestre e 990 nos demais.

Unicamp publica gabarito da primeira fase do Vestibular 2020
Prova teve questões que abordaram Instagram, imigração, guerra digital e machismo. Abstenção foi a menor dos últimos três anos.

Prazo para se inscrever no Vestibular 2020/1 da FPS é encerrado
A taxa de inscrição é de R$ 90, mas para o curso de Odontologia é de R$ 150 e para o de Medicina, R$ 395.

UFJF libera local de prova do PISM 2020
Mais de 40 mil estudantes vão fazer provas nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro em quatro cidades mineiras e em Volta Redonda (RJ)

Mais cinco universidades portuguesas aceitam o Enem
Estudantes brasileiros que fizeram exame educacional podem ingressar agora em 47 instituições de ensino de Portugal

Inep informa a anulação de uma questão do Enem 2019
O Inep afirma que a anulação de um item, ou mesmo a aplicação de provas com itens diferentes, não compromete o processo de estimação da nota das participantes.

PUC Minas solta resultado do Vestibular 2020/1
Candidatos selecionados devem fazer matrículas na semana que vem, nos dias 25 e 26 de novembro

UERR divulga resultado do Vestibular 2020
Os candidatos que desejarem interpor recursos contra o resultado preliminar do processo seletivo têm entre os dias 21 e 22 de novembro para as solicitações.

UPE divulga gabaritos da 3ª etapa do SSA 2020
Mais de 12 mil candidatos da terceira etapa se inscreveram na seleção, mas mais de 10% faltaram às provas

UFPB terá mais de 7,8 mil vagas no SiSU 2020
Para participar do Sistema de Seleção Unificada, é necessário que o candidato tenha feito as provas do Enem 2019