Logo Super Vestibular

Administração Pública

O curso de Administração Pública dura quatro anos e foca nas questões de interesse público.

Publicado por Silvia Tancredi
O administrador público trabalha com políticas públicas
O administrador público trabalha com políticas públicas

Atuar em organizações ou empresas públicas. À primeira vista, este parece ser o campo de trabalho específico para o administrador público. Contudo, ao conhecer o curso de Administração Pública mais a fundo, percebe-se que o mercado é mais amplo do que se pensa. 

Os administradores públicos também podem exercer atividades em empresas privadas que interajam com as públicas, em Organizações Não Governamentais (ONGs), em organismos internacionais, em associações da comunidade, na política, entre outras.

Para estar preparado para o mercado de trabalho, o estudante de Administração Pública precisa cursar disciplinas específicas, voltadas a políticas públicas e ao setor público nas três esferas – federal, estadual e municipal. Também é necessário ter formação base em direito e economia, por exemplo. 

Público-alvo 

O curso é indicado para estudantes que querem trabalhar com questões de interesse público, fazendo ponte entre a sociedade e o Estado. Para isso, algumas características são bem-vindas, tais como ter capacidade de articulação e negociação, gostar da área de humanas, de lidar com a comunidade e de resolver problemas. Outros traços de personalidade também fazem diferença para trilhar caminhos de sucesso na Administração Pública: ser crítico, criativo, determinado e ter iniciativa.

O curso 

As disciplinas ministradas nos primeiros anos são mais básicas e parecidas com o curso geral de Administração, como estatística, direito e economia. No segundo ano, os estudantes começam a ter mais contato com matérias específicas, como contabilidade pública, mediação e negociação no setor público, consultoria aplicada ao setor público, desenvolvimento de projetos no setor público e gestão municipal, estadual e federal. O aluno realiza Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e estágio supervisionado, obrigatório em algumas instituições. 

Normalmente, o curso de graduação é ministrado presencialmente, mas algumas universidades já o oferecem via Ensino a Distância (EaD). 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Duração média

Normalmente, o curso tem duração de quatro anos ou oito semestres.

Mercado de Trabalho 

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), as mudanças no mundo e no Brasil pedem mais gestores públicos como demanda de mercado de trabalho. Para isso, o administrador público deve ter um perfil diferente, mais inovador, empreendedor, que saiba negociar e juntar interesses, aliado ao domínio da questão técnica de políticas públicas. 

Os profissionais costumam atuar em órgãos do governo, na esfera federal, estadual ou municipal, ou em empresas privadas que interagem com eles, tais como construtoras. Também é possível trabalhar no terceiro setor, em ONGs, na gestão de políticas públicas e com relações internacionais. 

O administrador público também pode trabalhar em secretarias governamentais e agências federais que se enquadram nas áreas de educação, cultura, saúde, planejamento, etc. O mercado de trabalho também tem campo em organismos internacionais, associações da comunidade, entre outros.

Formas de Atuação 

O graduado em Administração Pública pode atuar como analista, consultor, pesquisador e gestor de empresas públicas ou privadas da área de políticas públicas. Há, ainda, a opção de atuar na área de responsabilidade social e em atividade política (tornar-se político ou assessor). 

Regulamentação da profissão

Lei Federal nº 4.769 de 09 de setembro de 1965.

Remuneração média 

Em média R$ 4 mil*

*Fonte: FGV

Exigências para exercício da profissão 

Diploma de conclusão de curso de bacharelado em Administração Pública
Habilitação legal - Registro Profissional no Conselho Regional de Administração

A opinião de quem entende 

O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como agrônomo ou estudante da área. Conte-nos deixando o seu comentário no final da página.

Veja também

Prazo para se inscrever no Vestibular 2020/1 da FPS é encerrado
A taxa de inscrição é de R$ 90, mas para o curso de Odontologia é de R$ 150 e para o de Medicina, R$ 395.

UFJF libera local de prova do PISM 2020
Mais de 40 mil estudantes vão fazer provas nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro em quatro cidades mineiras e em Volta Redonda (RJ)

Mais cinco universidades portuguesas aceitam o Enem
Estudantes brasileiros que fizeram exame educacional podem ingressar agora em 47 instituições de ensino de Portugal

Inep informa a anulação de uma questão do Enem 2019
O Inep afirma que a anulação de um item, ou mesmo a aplicação de provas com itens diferentes, não compromete o processo de estimação da nota das participantes.

PUC Minas solta resultado do Vestibular 2020/1
Candidatos selecionados devem fazer matrículas na semana que vem, nos dias 25 e 26 de novembro

UERR divulga resultado do Vestibular 2020
Os candidatos que desejarem interpor recursos contra o resultado preliminar do processo seletivo têm entre os dias 21 e 22 de novembro para as solicitações.

UPE divulga gabaritos da 3ª etapa do SSA 2020
Mais de 12 mil candidatos da terceira etapa se inscreveram na seleção, mas mais de 10% faltaram às provas

UFPB terá mais de 7,8 mil vagas no SiSU 2020
Para participar do Sistema de Seleção Unificada, é necessário que o candidato tenha feito as provas do Enem 2019

Cederj publica cartão com local de prova do Vestibular 2020/1
Interessados nas mais de 7,6 mil vagas devem fazer provas no próximo domingo (24), nos polos de oferta dos cursos de graduação

PUC-SP prorroga inscrições do Vestibular de Verão 2020
O processo seletivo está marcado para o dia 1º de dezembro, em São Paulo e em Sorocaba. Os estudantes deverão produzir uma redação e responder 81 questões objetivas de conhecimentos gerais.

UFMG abre inscrições do Vestibular 2020 dos cursos com habilidades específicas
Podem participar os estudantes que fizeram a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O prazo vai até o dia 13 de dezembro. A taxa é de R$ 205.

Gabarito da primeira fase do Vestibular 2020 da Unesp já pode ser acessado
Eram esperados nesta etapa 95.440 inscritos, mas somente 88.194 participantes compareceram, o que resultou numa abstenção de 7,6% dos candidatos.