1. Home
  2. Enem
  3. Dicas para o Enem
  4. Sistema TRI: Chutar ou não chutar no Enem?

Sistema TRI: Chutar ou não chutar no Enem?

Por meio da Teoria de Resposta ao Item (TRI), Enem detecta acertos aleatórios dos estudantes e concede pontuação inferior para eles.

Publicado por Wanja Borges em Dicas para o Enem

Compartilhe

Sistema TRI é mais conhecido como antichute do Enem
Sistema TRI é mais conhecido como antichute do Enem

Já experimentou fazer uma busca no Google sobre dicas de chute em processos seletivos? Se sim, com certeza você já se deparou com os inúmeros artigos disponíveis sobre como chutar certo nas provas ou, ainda, com dicas e técnicas para chutar uma questão. Se não, pare tudo que está fazendo e confira com seus próprios olhos como a probabilidade costuma ser utilizada em prol dos estudantes indecisos.  

Viu? Então agora podemos contar o outro lado da história. Em 2009, ao apresentar uma reformulação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) adotou um novo método de avaliação: a Teoria de Resposta ao Item (TRI). Além de avaliar as habilidades e conhecimentos do estudante, ela também foi instituída com a proposta de detectar os chutes cometidos pelos alunos. 

Isso mesmo! A partir dessa ideia, o INEP dividiu as questões objetivas do Enem conforme seus graus de dificuldade. A prova é constituída, basicamente, por 25% de perguntas fáceis, 50% intermediárias e 25% difíceis. Segundo a TRI, o candidato que erra questões fáceis, não consegue responder as difíceis e vice-versa. Assim, após identificar o perfil do aluno, o sistema detecta as respostas fora do padrão, considerando-as como “chutes”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Essa Teoria também analisa a coerência das respostas marcadas, atribuindo um peso diferenciado para as respostas aleatórias e para os acertos garantidos por conhecimento. Nesse sentido, notas diferentes podem ser concedidas para dois candidatos que acertaram a mesma quantidade de questões, por exemplo, impedindo assim que candidatos consigam se beneficiar da sorte na hora de resolver as 180 questões. 

A questão principal é que o nível de dificuldade das questões é estabelecido pelo Inep e não é apresentado aos alunos nas provas. Dessa forma, tentar adivinhar quais perguntas garantirão maior nota não passa de ilusão e perda de tempo. Vale ressaltar, ainda, que o sistema não altera o desempenho do candidato no Exame. Ele apenas detalha, de forma mais precisa, suas notas, obrigando o estudante a priorizar o conhecimento à esperteza.  

Mesmo assim, dicas e técnicas de chute, agora especificamente para o novo Enem, continuam sendo elaboradas e divulgadas para estudantes de todo o Brasil. Segui-las ou não é uma decisão única e exclusiva do candidato, por isso, o aluno precisa estar ciente das possíveis consequências e prejuízos dessas respostas aleatórias e, acima de tudo, priorizar os estudos. Mais indicado do que não deixar uma resposta em branco, é estar preparado para respondê-la. 

VEJA TAMBÉM

1 2
  • Mais de 1,7 mil vagas são oferecidas no Preparatório SeLigaNoEnemPB

    A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT-PB) recebe a partir de quarta-feira, 20 de fevereiro, as inscrições para o preparatório para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) “SeLigaNoEnemPB”, para alunos egressos de escolas da rede estadual. Os interessados poderão se inscrever até o dia 10 de março.

  • Cursinho Federal de Goiás (UFG) oferta 300 vagas em 2019

    O Cursinho Federal de Goiás (CFG) recebe inscrições a partir desta quarta-feira, 20 de fevereiro, para novas turmas de 2019. Os interessados deverão se dirigir ao Centro de Aula da Escola de Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás (EVZ UFG) até sexta-feira, dia 22, das 8h às 12h e das 14h às 18h. 

  • UFMG solta resultado do Vestibular 2019

    A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) liberou na tarde de hoje, 7 de fevereiro, a relação de aprovados no Vestibular 2019.

  • Cursinho Popular de Hortolândia (SP) está com inscrições abertas

    O cursinho Pré-vestibular Popular Orientação para Vestibular e para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ofertado pela Prefeitura de Hortolândia, em São Paulo, esá recebendo inscrições para novos participantes até o dia 1º de março.Os interessados podem se inscrever pelo site da Prefeitura, gratuitamente.

  • Divulgada a 4ª chamada do Vestibular 2019 da Unesp

    A Universidade Estadual Paulista (Unesp) divulgou nesta segunda-feira, 18 de fevereiro, a 4ª  chamada do Vestibular 2019. Os convocados deverão fazer as matrículas online entre as 10h de hoje até as 18h de amanhã (19). Será necessário fazer o upload da documentação listada no Manual do Candidato.

  • Resultado do Vestibular 2019 da Unifei (MG) é liberado

    A Universidade Federal de Itajubá (Unifei), em Minas Gerais, soltou na tarde de hoje, a lista de aprovados no Vestibular 2019 dos cursos de Engenharia