1. Home
  2. Notícias
  3. Resultado dos recursos dos pedidos de isenção do Enem 2018 estão disponíveis

Resultado dos recursos dos pedidos de isenção do Enem 2018 estão disponíveis

Aqueles que tiverem os recursos reprovados podem se inscrever a partir de hoje no Enem 2018, desde que efetuando o pagamento do valor da taxa

Publicado por Érica Caetano em 07 de Maio de 2018 às 09:43 em Notícias

Compartilhe

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) soltou na tarde do último sábado, 05 de maio, o resultado dos recursos das solicitações de justificativa de ausência e dos pedidos de isenção de taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018.

Uma coletiva de imprensa está prevista para às 11h de hoje, na qual serão passadas as orientações para inscrições no Enem 2018 e os dados consolidados de solicitação de isenção e justificativa de ausência.

Para consultar o resultado é preciso acessar a Página do Participante, no site do Enem – Inep, informando o CPF e a senha cadastrada.

Acesse aqui!
Veja o resultado da isenção!

O resultado dos pedidos foi disponibilizado no último dia 23. Foram aceitos os pedidos de recursos daqueles que tiveram a solicitação e/ou a justificativa reprovados.

Ao acessar o sistema, o participante verá uma mensagem de “Resultado do Recurso”. A frase “Isenção Aprovada”, escrita em verde, vai aparecer para todos os participantes que conseguiram o direito de não pagar a taxa de inscrição após o recurso. Também haverá um lembrete para fazerem a inscrição no Enem a partir de hoje, dia 07, até o próximo dia 18.

Inscreva-se no Enem 2018!

A frase “Isenção Reprovada”, escrita em vermelho, vai aparecer para todos os participantes que não conseguiram a gratuidade. No caso das isenções reprovadas, haverá ainda uma explicação dos motivos. Os motivos para reprovação podem ser um dos citados abaixo:
 
- Sua justificativa de ausência no Enem 2017 foi aprovada, no entanto, você não atende aos critérios de isenção da taxa de inscrição estabelecidos no Edital do Enem 2018;
- Você não atende aos critérios de isenção da taxa de inscrição estabelecidos no Edital do Enem 2018;
- Você atende aos critérios de isenção da taxa de inscrição do Enem 2018, no entanto, sua justificativa de ausência no Enem 2017 não atende aos critérios estabelecidos no Edital do Enem 2018;
- Sua justificativa de ausência no Enem 2017 foi aprovada, no entanto, você não atende aos critérios da Lei 12.799, de 10 de abril de 2013, estabelecidos no Edital do Enem 2018;
- Sua justificativa de ausência no Enem 2017 foi aprovada, no entanto, você não atende aos critérios do Decreto 6.135, de 26 de junho de 2007, estabelecidos no Edital do Enem 2018;
- Sua justificativa de ausência ao Enem 2017 não atende aos critérios estabelecidos no Edital do Enem 2018.

 Reprovados

Mesmo quem teve a isenção reprovada após o recurso ainda pode fazer o Enem 2018, desde que se inscreva dentro do prazo estabelecido, ou seja, entre 07 e 18 de maio, e efetue o pagamento da taxa de inscrição, de R$ 82, até 23 de maio. As provas do Enem 2018 acontecem nos dias 04 e 11 de novembro.

Veja aqui como fazer sua inscrição no Enem 2018!

O último balanço do MEC divulgado informou que 3.818.663 estudantes solicitaram isenção. Desse total, 3.318.149 (87%) conseguiram a gratuidade. Em comparação ao Enem 2017, quase 30% a menos estudantes foram beneficiados com a isenção. 

Esta é a primeira edição do Enem na qual o prazo para solicitar isenção começou antes das inscrições. Segundo o MEC, a medida visa reduzir os custos desnecessários no exame educacional.

Ainda de acordo com o órgão, as últimas cinco edições do Enem, juntas, representaram um prejuízo de R$ 962 milhões com participantes que se inscreveram, mas não compareceram às provas. 

Quem participou?

Puderam se inscrever estudantes que estão cursando em 2018 o 3º ano do ensino médio na rede pública, bolsistas na integral e com renda familiar de até 1,5 salário mínimo. 

Estudantes com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo também puderam participar.

Pôde ainda fazer o cadastro quem fez o Exame de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja) em 2017 para ensino médio e que conseguiu a certificação, inclusive no exterior. 
 
Candidatos que ganharam isenção no ano passado e não compareceram às provas tiveram que justificar ausência para ganhar o benefício novamente. Conforme números do MEC, apenas 8.486 apresentaram os dados necessários. 

Mais detalhes podem ser obtidos no Edital do Enem 2018.

VEJA TAMBÉM

1 2