1. Home
  2. Enem
  3. Dicas para o Enem
  4. Qual a relação entre o Enem e o Prouni?

Qual a relação entre o Enem e o Prouni?

Antes de entender qual a relação entre o Enem e o Prouni, é preciso saber a função de cada um deles.

Publicado por Érica Caetano em Dicas para o Enem

Compartilhe

É preciso ter feito o Enem para participar do Prouni
É preciso ter feito o Enem para participar do Prouni

Os jovens que se encontram em período de pré-vestibular já possuem bastantes dúvidas sobre todo o processo e trâmite que envolvem as provas. Quando tratamos de questões ligadas ao Enem e ao Prouni, essas dúvidas crescem ainda mais. O que pode ou o que não pode, o que é preciso para participar de um ou de outro, entre tantos outros questionamentos frequentes entre candidatos. E é por isso que vamos esclarecer tudo isso neste artigo.

Antes de explicar qual a relação entre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Programa Universidade para Todos (Prouni), vamos dar uma rápida recapitulada sobre o que é a função de cada programa.

Criado pelo Ministério da Educação (MEC) em 1998, o Enem inicialmente teve como marca avaliar o ensino público do nível médio. Contudo, após anos de existência, algumas instituições de ensino passaram a adotá-lo como uma das etapas dos seus processos seletivos. Atualmente, muitas universidades utilizam somente o Enem como forma de ingresso e o número de faculdades aderindo ao exame é cada vez maior.

Já o Prouni foi criado no ano de 2004, pelo Governo Federal, e oferta bolsas de estudos em instituições particulares. Podem ser beneficiados estudantes de baixa renda que tenham obtido um bom aproveitamento no Enem.

Portanto, para participar do Prouni, o candidato precisa obrigatoriamente ter realizado o Enem. E quanto maior for o seu desempenho, maiores serão as chances de conseguir a bolsa de estudos. Mas, além de ter feito o exame, é preciso preencher outros pré-requisitos, tais como: ter renda per capta inferior a três salários mínimos (para bolsas de 50%) ou a um salário mínimo e meio (bolsas de 100%), ter estudado durante todo o Ensino Médio na rede pública de ensino ou em colégio particular através de bolsa de estudo integral e, por fim, ter obtido pelo menos 450 pontos e não ter zerado a redação na prova.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Aqueles estudantes que não preencherem os requisitos referentes à renda e ao estudo em escola pública ainda podem se candidatar ao Prouni, desde que sejam portadores de alguma necessidade especial ou ainda forem professores da rede pública de Ensino Básico, com efetivo exercício do magistério e que integrem o quadro permanente da instituição, concorrendo a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

O candidato à bolsa do Prouni fica dispensado do vestibular aplicado pela instituição que pretende estudar. Se a universidade desejar, ela poderá aplicar uma prova específica, sem cobrar taxas para a sua realização.

Por isso, mais que uma excelente forma de treinar a sua capacidade, o aluno que participa desses processos tem a chance de conseguir uma bolsa de estudos na instituição que deseja. Caso tenha essa oportunidade, não deixe de participar do Enem e do Prouni.

Mais informações sobre o Prouni e o Enem podem ser buscadas através do telefone do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep): 0800 616161.

VEJA TAMBÉM

1 2
  • Leia as redações nota mil do Enem 2018

    O Inep liberou ontem, dia 19, o acesso aos espelhos das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 para os candidatos. A cópia digitalizada da redação do participante só pode ser utilizada para verificação, a chamada vista pedagógica, já que o Inep não recebe recursos contra as nota.

  • Enem 2018: espelho da redação e notas dos treineiros são liberadas

    Participantes do Enem 2018 podem acessar a partir de hoje, 18 de março, o espelho da redação. O texto foi realizado em novembro do ano passado e teve como tema “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. 

  • Inscrições para o Vestibular 2019/2 da ESPM estão abertas

    A Escola Superior de Marketing e Propaganda (ESPM) abriu inscrições para o Vestibular 2019/2 das suas três unidades: São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. O prazo vai até 13 de junho para ingresso via provas tradicionais e até 24 de maio via Enem.