1. Home
  2. Enem
  3. O que é o Enem

O que é o Enem

O Enem é conhecido atualmente como o maior exame educacional do país e é a porta de entrada na Universidade para milhares de estudantes

Publicado por Érica Caetano em Enem

Compartilhe

Entenda o que é e como funciona o Enem
Entenda o que é e como funciona o Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a maior prova do Brasil, aplicada anualmente para mais de 5 milhões de estudantes do ensino médio. A prova do Enem é realizada em dois domingos consecutivos e se divide em quatro áreas: Linguagens e Códigos; Ciências Humanas; Ciências da Natureza; Matemática. O exame também cobra uma redação.

Atualmente, o Enem é a principal forma de ingresso no ensino superior. Ele também avalia o desempenho e a qualidade do ensino no país, sendo uma ferramenta que auxilia na mensuração de desempenho dos estudantes, para que, se necessário, seja feita a implementação das políticas públicas na área da educação. 

Como surgiu o Enem

O Enem foi criado pelo Ministério da Educação (MEC), em 1998, com o objetivo de avaliar o domínio de competências dos estudantes concluintes do ensino médio, ao fim da escolaridade básica. Em seu primeiro ano de aplicação, o Enem recebeu cerca de 157 mil inscrições.


Até 2008, o Enem era aplicado em apenas um domingo, quando os participantes respondiam 63 questões objetivas e elaboravam uma redação. A partir da edição de 2009 o Enem foi ampliado para um final de semana, sábado e domingo, com um total de 180 questões e uma redação. Desde 2017, o Enem é aplicado em dois domingos.

Por que fazer o Enem?

É por meio do Enem que estudantes podem participar de programas criados pelo governo federal para acesso ao ensino superior, como:

- Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas de estudo parciais ou integrais em instituições particulares;

- Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que concede financiamento sem juros ou com juros baixo em faculdades particulares;

- Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que oferta vagas em instituições públicas de ensino superior.

Hoje é possível até estudar em Portugal com o Enem, desde que sejam obedecidos os critérios de classificação.

Veja mais: Por que fazer o Enem?

Quem pode se inscrever no Enem?

Todos os estudantes que estão no ensino médio ou que já concluíram o ensino básico podem participar do Enem. No caso dos estudantes do 1º e do 2º ano do ensino médio, eles participam do exame como treineiros, ou seja, não poderão usar as notas para ingressar no ensino superior.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os alunos de supletivo e os aprovados no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) também podem fazer o Enem.

Quando e onde se inscrever no Enem 

As inscrições para o Enem são abertas anualmente, ainda no primeiro semestre, geralmente no mês de maio, e os interessados em participar devem se inscrever dentro do prazo, no endereço eletrônico destinado pelo MEC, no site do Enem.

Como é a prova do Enem

Os inscritos no Enem passam pelas provas durante dois domingos consecutivos. Pautado nos conhecimentos e habilidades do aluno, o teste tem como diferencial a transdisciplinaridade nas questões, ou seja, mescla nas perguntas variados assuntos e conteúdos de disciplinas estudadas no ensino médio. 

A proposta é avaliar o estudante pelo raciocínio, interpretação e domínio de todo o conteúdo ministrado no ensino médio. 

Saiba como são as provas do Enem!

Juntando os dias de provas, os estudantes respondem 180 questões de múltipla escolha. Elas possuem cinco alternativas, sendo apenas uma verdadeira. As questões são divididas em quatro áreas de conhecimento.

No primeiro domingo, os participantes respondem 45 questões de cada uma das seguintes áreas:

- Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia.
- Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação).

A parte de língua estrangeira possui cinco questões de inglês ou espanhol. O participante faz a opção no momento da inscrição no Enem. 

A prova de Linguagens também cobra uma redação dissertativo-argumentativa sobre um tema de ordem social, científico, cultural ou político, que deve ser escrita em até 30 linhas.

No segundo domingo, são aplicadas outras 45 questões para cada uma das áreas abaixo:

- Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia.
- Matemática e suas Tecnologias

O primeiro domingo de provas tem duração de cinco horas e meia, e o segundo de cinco horas.

VEJA TAMBÉM

1 2