Logo Super Vestibular

Estudando Geografia para o Enem

Ao estudar Geografia para o Enem, é preciso levar em consideração um fator presente em ambos: a interdisciplinaridade.

Publicado por Rodolfo F. Alves Pena
A prova de Geografia no Enem requer a consciência das fronteiras que essa ciência possui
A prova de Geografia no Enem requer a consciência das fronteiras que essa ciência possui

O Exame Nacional do Ensino Médio – Enem – tornou-se, nos últimos anos, a principal forma de avaliação dos estudantes no Brasil. É uma das mais importantes ferramentas para garantir o acesso ao ensino superior, seja através do SISU, que permite o ingresso em universidades públicas, seja através do Prouni, que permite o ingresso em universidades particulares com bolsas de estudos.

Com isso, a tendência das provas nos últimos anos é a busca pela tão sonhada interdisciplinaridade, ou seja, a relação entre as diversas formas de conhecimento e abordagens de mundo que permeiam o conhecimento científico. E isso é, sem dúvidas, um “prato cheio” para a Geografia, pois essa é uma ciência que possui relações com inúmeros outros saberes, complementando e sendo complementada por eles.

Por exemplo: quando estudamos as fitofisionomias (as características vegetais) e suas distribuições pelo mundo, há sempre uma direta relação com a Biologia. Quando abordamos a construção dos espaços urbanos e suas transformações ao longo dos processos de industrialização das sociedades, é possível observar a intrínseca relação entre os estudos geográficos e a História.

Mas o que é Geografia? O que ela estuda?

Atualmente, no contexto da evolução dos pensamentos científicos, é difícil avaliar e afirmar, com certeza, o que uma área estuda e a outra não, pois não há um objeto específico para cada área do saber (o que justifica ainda mais a constante busca pela interdisciplinaridade). No entanto, grosso modo, podemos dizer que a Geografia é a ciência que estuda o espaço geográfico, isto é, o espaço produzido pelo homem e sua relação com o meio natural. Com essa definição, a Geografia posiciona-se exatamente na fronteira entre os conhecimentos humanos e os conhecimentos dos fenômenos naturais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que o candidato, então, precisa ter em mente é que, para estudar Geografia (e também as demais disciplinas), ele deverá estar sempre atento às relações entre determinados temas e as outras áreas do saber. Aí vão mais alguns exemplos:

Os estudos sobre os solos, aliados à compreensão de processos como o intemperismo e a erosão, referem-se, principalmente, ao comportamento natural desses fenômenos e à forma com que o ser humano os influencia. Além disso, existem outras questões, como aquelas referentes à Biologia (remoção da camada superficial dos solos), outras referentes à Química (a estrutura química dos solos e as técnicas bioquímicas de utilização dos solos em atividades agrícolas) e outras referentes à História (contextos históricos de ocupação e regulamentação das atividades no meio rural).

Quando estudamos Cartografia, compreendemos as formas e técnicas de representação do espaço, com temas como as projeções cartográficas e muitos outros. Nesse aspecto, podemos encontrar algumas relações com a Matemática, sobretudo no que se refere ao estudo e cálculo da escala e dos fusos horários.

São esses fatores que podem interferir diretamente no desempenho de um candidato na prova do Enem. O erro que muitos estudantes cometem é o de estudar de forma decorativa os conteúdos previstos para a prova, sem desenvolver reflexões que estimulem a utilização desses temas para a resolução de problemas, sobretudo aqueles relacionados a temas atuais.

Assista às nossas videoaulas

Veja também

Resultado do SiSU 2020/1 já pode ser conferido
Convocados deverão comparecer às universidades entre os dias 29 de janeiro e 04 fevereiro

STJ autoriza divulgação do resultado do SiSU 2020/1
Decisão atende recurso protocolado no tribunal pela AGU para garantir a manutenção do calendário de divulgação da lista de aprovados.

Ufopa adia resultado do Vestibular 2020 por causa de suspensão do SiSU 2020/1
Conforme cronograma, lista de aprovados em processo seletivo que usa notas do Enem deveria sair hoje (28)

UFSC divulga 2ª chamada e 1º remanejamento do Vestibular Unificado 2020
Os selecionados deverão se atentar as etapas de matrículas, já que a primeira delas é a matrícula virtual e destinada a todas as modalidades de aprovados.

Famema 2020: confira o resultado do vestibular
Agora, os selecionados deverão realizar matrículas no período de 05 a 07 de fevereiro, na sede da Famema.

Inscrições do ProUni 2020/1 estão suspensas
Apesar das inscrições do ProUni 2020/1 estarem suspensas, já está disponível a consulta as bolsas.

UFMS libera notas da 1ª e 2ª etapas do Passe 2019
Instituição também divulgou as informações sobre matrícula dos aprovados no Passe e Vestibular 2020.

IFRO solta classificação preliminar do Vestibular 2020
Previsão é que o resultado final seja divulgado na próxima sexta-feira (31). Foram oferecidas quase mil vagas.

Resultados de vestibulares são adiados após suspensão do SiSU 2020/1
Entre as instituições estão as federais de São Paulo (Unifesp) e do Pará (UFPA). UFSC suspendeu cronograma de matrículas do SiSU.

UFRR disponibiliza classificação preliminar do Vestibular 2020
Aqueles que queiram apresentar recursos contra a classificação preliminar deverão fazer isso ainda hoje (27). O resultado dos recursos será disponibilizado no dia 28 seguinte .

Unespar divulga 2ª chamada do Vestibular 2020
De acordo com o edital de matrículas, os selecionados deverão se matricular no dia 29 de janeiro. Uma nova chamada é esperada para o dia 31 deste mesmo mês. 

Pré-vestibular gratuito em Brasília está com inscrições abertas para turmas de 2020
Podem participar do preparatório, que tem foco nas provas do Enem, candidatos que estão matriculados no último ano do ensino médio em escola pública ou que já concluíram essa etapa também na rede pública.