Home Notícias Enem 2018: número de participantes é o menor desde 2011

Enem 2018: número de participantes é o menor desde 2011

Inscrições confirmadas são referentes aos participantes que pagaram a taxa de R$ 82 dentro do prazo estipulado, assim como aos estudantes que obtiveram isenção. 

Publicado por Érica Caetano em 29 de Maio de 2018 às 11:59 em Notícias

Compartilhe

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 obteve 5.513.662 inscrições confirmadas. A informação foi dada em entrevista coletiva no final da manhã desta terça-feira, 29 de maio, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O número é o menor já registrado desde a edição de 2011.

Acompanhe sua inscrição

As inscrições confirmadas são referentes aos participantes que pagaram a taxa de R$ 82 dentro do prazo estipulado, assim como aos estudantes que obtiveram isenção. 

O número total de inscrições realizadas foi de 6.774.891, dos quais 3.222.000 emitiram a GRU. Esse número era referente aos cadastros ainda não confirmados, sem o pagamento da taxa de inscrição. Destes, 1.992.000 pagaram a mesma e outros 1.261.000 não efetuaram o pagamento.

Nos últimos cinco anos, a média de abstenção no Enem foi de 29%, gerando um prejuízo de R$ 962 milhões. 

Queda nos inscritos

Como já citado, o Enem 2018 apresentou a maior queda de inscritos confirmados em relação aos anos anteriores. Na edição do ano passado, o Enem 2017 recebeu 7,6 milhões de inscrições, sendo que 6,1 milhões foram confirmadas logo depois do último dia para pagamento da taxa e mais 600 mil foram confirmadas após julgamento de recursos, totalizando 6,7 milhões de inscrições confirmadas. 

Na edição de 2016 foram computadas 8,6 milhões de inscrições confirmadas, já em 2015 foram 7,7 milhões e o recorde de participações foi no ano de 2014, na qual o exame alcançou 8,7 milhões de cadastros que pagaram a taxa ou tiveram isenção. Confira abaixo o balanço desde 2011:

 

2011: 5,4 milhões         2015: 7,7 milhões

2012: 5,7 milhões         2016: 8,6 milhões

2013: 7,1 milhões         2017: 6,7 milhões

2014: 8,7 milhões         2018: 5,513 milhões

Nome social e atendimento especial

Quem tiver interesse em fazer a solicitação de atendimento pelo nome social, como travestis e transexuais, poderá fazê-la  até o dia 03 de junho. A lista de documentos que devem ser apresentados pode ser vista no item 7.8 do Edital. 

Candidatos que precisam de atendimento especializado, como cegos ou com alguma deficiência física, ou específico, como gestantes e idosos, tiveram que informar essa condição quando fizerem a inscrição no Enem 2018. 

Isenção e justificativa de ausência

Pela primeira vez, os estudantes de escolas públicas e baixa renda tiveram que solicitar isenção da taxa antes do prazo de inscrição. Além disso, quem foi beneficiado com a gratuidade ano passado e não compareceu às provas teve que justificar ausência para ser contemplado novamente. 

De acordo com o Inep, organizador das provas, foram recebidas o total de 3.818.663 solicitações de isenção, das quais 3.318.149 foram aprovadas e 500.513 reprovadas onde destas, 291.925 foram por participantes não atenderem a exigência da Lei 12.799/2013.

Em relação a solicitação de isenção de participantes que faltaram na edição do ano passado, e que então necessitava de justificativa de ausências, foram recebidas o total de 208.588 solicitações, das quais 200.102 foram sem comprovante e 8.486 com comprovante, resultado assim em 4.345 solicitações aprovadas e 4.141 reprovadas.

Após o prazo de recursos, tanto do indeferimento do pedido de isenção quanto de justificativas, foi aprovado o total de isenções de 3.361.468, o equivalente a 88,02%. Veja mais detalhes aqui!

Este ano, 63,8% do total de inscritos, foram beneficiados com a isenção da taxa de inscrição por se enquadrarem em um dos quatro critérios que garantem a gratuidade, um deles inédito.

Provas

O Inep também alterou a duração das provas do segundo dia do Enem 2018, que terá agora 5 horas de duração. Nesse dia os estudantes farão provas de Ciências da Natureza e Matemática.

Assim como no ano passado, no Enem 2018 os candidatos farão provas em dois domingos consecutivos: 04 e 11 de novembro. O acesso ao cartão de inscrição, com dados dos locais de prova, deve ser liberado em 22 de outubro.

04/11, das 13h30 às 19h
- Redação
- 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos
- 45 questões de Ciências Humanas

11/11, das 13h30 às 18h30
- 45 questões de Matemática
- 45 questões de Ciências da Natureza

O gabarito oficial do Enem será divulgado no dia 14 de novembro. As provas para do Exame para os privados de liberdade serão realizadas nos dias 18 e 19 do mesmo mês. Já o resultado é esperado para 17 de janeiro de 2019. 

Por que fazer o Enem 2018?

Com as notas do Enem 2018 em mãos, os estudantes poderão participar de programas para ingresso ao ensino superior, como SiSU, ProUni e Fies, além de aproveitar as notas em vestibulares e ingressar em instituições portuguesas.

Quem está no 1º ou 2º ano do ensino médio teve a opção de se inscrever como treineiro. Isso significa que o jovem não poderá usar as notas para ingressar em cursos superiores. 

Estude com o Super Vestibular

O Super Vestibular oferece várias dicas de estudo, simulados, exercícios e conteúdos de todas as disciplinas do ensino médio para você acessar quantas vezes quiser. 

Veja também: 5 passos para se concentrar nos estudos

VEJA TAMBÉM

1 2