1. Home
  2. Enem
  3. Como faço minha inscrição no Enem?

Como faço minha inscrição no Enem?

Depois de ler o Edital, os participantes devem preencher, com atenção, todas as informações solicitadas

Publicado por Silvia Tancredi em Enem

Compartilhe

Inscrição no Enem
Inscrição no Enem

Antes de fazer a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é necessário que você, estudante, leia com cuidado o Edital para se atentar a todos os detalhes. 

Depois, no momento do cadastro, é importante que você preste bastante atenção e preencha com tranquilidade os dados corretos e não se esqueça de completar todas as informações exigidas.

Veja abaixo tudo o que é necessário saber para fazer a inscrição no Enem 2019:

Prazo

Fique atento: o período de inscrições do Enem 2019 é de 6 a 17 de maio, horário oficial de Brasília. O cadastro deve ser feito exclusivamente pelo site do Enem. O prazo de inscrições não costuma ser prorrogado.

Página do participante

Primeiro, você vai acessar o site do Enem e entrar na Página do Participante. Nesse momento, você vai começar um chat com a robô Nanda. Para começar, ela vai pedir para que você clique na imagem de um objeto específico.

Dados pessoais

Em seguida, a robô vai pedir o número seu CPF e sua data de nascimento.

Em seguida, você precisa informar dados como o nome do seu pai, sexo, raça, estado civil, nacionalidade e endereço.

 

Atendimento específico e especializado

Poderão solicitar o atendimento, no momento da inscrição, pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial.

Também poderão pedir atendimento diferenciado gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar. Para isso, é necessário informar essa condição no ato do cadastro.

Se você se encaixa em algum dos casos, vai aparecer a seguinte tela:

Confira como funciona o atendimento especial no Enem

Cidade e língua estrangeira

Você deve sinalizar a cidade onde quer fazer as provas e a opção de língua estrangeira. Atenção: essas duas informações somente poderão ser alteradas no período de inscrições para o Enem.

Escolaridade

Neste campo, você tem que indicar se está cursando o 3º ano do ensino médio ou se já o terminou. Há, ainda, a opção para aqueles que estão no 1º ou 2º ano e vão fazer o Enem como treineiros, ou seja, não vão usar as notas para ingressar no ensino superior.

Também é necessário detalhar se estuda ou estudou na rede pública de ensino ou como bolsista na rede particular e a quantidade de tempo. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Você também deve responder se obteve a conclusão do ensino médio pelo Exame de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja).

Questionário soecioeconômico

Todos os participantes do Enem devem preencher o questionário socioeconômico, o qual solicita informações sobre a escolaridade, renda, bens e gastos dos familiares.

O Inep, organizador do exame, deixa claro que o participante pode ser eliminado a qualquer momento se prestar informações falsas.

Contatos

Nesse campo, é necessário inserir os seus contatos, como telefone fixo e celular. Também se deve inserir um e-mail válido. Não é permitido que duas pessoas se cadastrem com o mesmo e-mail.

Senha

Ao fazer o cadastro, será gerado o número de inscrição. Você deverá criar uma senha de acesso ao sistema. Guarde esses dois dados, pois será necessário apresentá-los nos novos acessos.

Taxa

A taxa de inscrição do Enem 2019 é de R$ 85 e o pagamento deve ser feito em qualquer agência bancária, lotéricas e agências dos Correios, até 23 de maio.

Isenção de taxa

A partir da edição de 2018, os pedidos de isenção de taxa de inscrição do Enem passaram a ser feitos antes do prazo de inscrições. Anote a data desta edição: de 1º a 10 de abril.

Podem pedir isenção de taxa de inscrição no Enem 2019 estudantes que estão cursando o 3º ano do ensino médio na rede pública e aqueles que já o concluíram, inclusive como bolsistas na rede particular, e que têm renda familiar mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa (R$ 1.497).

Que tem Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos também tem direito a isenção.

Os participantes que foram beneficiados com a isenção no Enem 2018 e não compareceram às provas deverão justificar a ausência, caso queiram a gratuidade neste ano. 

É importante destacar que somente serão aceitas justificativas oficiais, como boletim de ocorrência e atestado médico Autodeclaração não será aceita como justificativa.

A relação de participantes contemplados com a isenção de taxa do Enem 2019 será divulgada no dia 17 de abril. Recursos serão recebidos até 26de abril. 

Confirmação da inscrição

O acompanhamento poderá ser feito por meio da página do participante. Nesse mesmo local, o cartão de inscrição estará disponível para consulta individual e impressão.

Quem for beneficiado com a isenção de taxa também deverá fazer a inscrição normalmente. 

VEJA TAMBÉM

1 2