Home Enem Como calcular a média do Enem

Como calcular a média do Enem

Algumas instituições de ensino superior utilizam pesos diferenciados para cada prova na hora de calcular a média do Enem

Publicado por Érica Caetano em Enem

Compartilhe

Parece simples, mas estudantes podem ficar confusos quanto o cálculo da média do Enem
Parece simples, mas estudantes podem ficar confusos quanto o cálculo da média do Enem

Apesar de parecer algo simples para alguns estudantes, outros podem fazer muita confusão no que diz respeito ao cálculo da média do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Primeiramente, é necessário saber para que serve o cálculo da média. Então vamos lá! Calcular a média do Enem é necessário para utilização no Programa Universidade para Todos (ProUni), no Programa de Financiamento Estudantil (Fies) e Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

No primeiro programa, o ProUni, para participar é necessário que o candidato obtenha média nas provas do Enem de, no mínimo, 450 pontos sem zerar a redação, além de outros requisitos exigidos no que diz respeito a renda familiar, para então poder concorrer às bolsas ofertadas. Estas podem ser parciais (50%) ou integrais (100%).

O Fies também exige média de 450 pontos no Enem, sem ter zerado a redação, para o estudante solicitar financiamento de sua mensalidade. No entanto, estão isentos desta regra professores da rede pública de ensino matriculados em cursos superiores de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

Já por meio do SiSU, há instituições de ensino que definem pesos específicos para cada prova do Enem. Estes podem ter variações até mesmo em relação ao curso concorrido. Com isso, uma prova de português de determinada universidade poderá ter peso maior para cursos da área de humanas do que para um de exatas, por exemplo. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é uma das instituições que utiliza pesos diferenciados para cada uma das provas do Exame.

Mas como descubro os pesos? Essa informação consta nas páginas eletrônicas das universidades, nos editais dos processos seletivos e no termo de adesão ao SiSU.

Calculando a média

Vejamos como calcular! A média simples é encontrada ao somar as notas das cinco provas mais a redação e dividir o montante obtido por cinco. O cálculo pode se tornar um pouco mais complexo (mas nada muito difícil, fique tranquilo) quando se tem um determinado peso para cada uma das provas do Enem, de acordo com o que for estabelecido pela instituição de ensino superior. Desta forma, a média será obtida somando as cinco notas e dividindo-as com os seus respectivos pesos.

Se você ainda está achando tudo muito confuso, disponibilizamos logo abaixo uma ferramenta que facilitará o seu entendimento para calcular a média do Enem. Confira:

Área de conhecimento Nota Peso
Redação
Ciências da Natureza e suas Tecnologias
Ciências Humanas e suas Tecnologias
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
Matemática e suas Tecnologias


A média nacional do maior exame educacional do país é cerca de 500 pontos, ou seja, para ter chances de conseguir uma vaga em universidade pública através do SiSU, uma bolsa do ProUni ou financiamento pelo Fies é recomendável uma média acima desse índice. Quer entender mais sobre a nota do exame? Saiba como é feito o cálculo das notas do Enem.

VEJA TAMBÉM

1 2
  • UFRR recebe inscrições do Vestibular Indígena 2019

    Já estão abertas as inscrições para o Vestibular Indígena 2019 da UFRR. Os interessados em participar podem se inscrever até às 18h do dia 22 de junho. A taxa de inscrição custa R$ 70 para todos os cursos. Prova classificatória será aplicada no dia 15 de julho.

  • Cursinho Pré-vestibular Palmas Aprova está com inscrições abertas

    Estão abertas as inscrições para o cursinho Pré-vestibular Palmas Aprova, no Tocantins. Estão sendo oferecidas 400 vagas e as inscrições devem ser feitas presencialmente. As aulas estão previstas de terem início em 02 de agosto.

  • Notas da 1ª e 2ª etapas do PAES 2017 da Unimontes estão disponíveis

    Já estão disponíveis as notas da 1ª e 2ª etapas do PAES 2017 da Unimontes. Os testes foram realizados em Montes Claros, em Belo Horizonte e em outras cidades que contam com unidades da Unimontes no Norte e Noroeste de Minas, Centro e Vale do Jequitinhonha, no dia 04 de fevereiro.