1. Home
  2. Dicas
  3. Lei da isenção de taxa no vestibular

Lei da isenção de taxa no vestibular

Lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff permite isenção de taxa em vestibulares de universidades federais.

Publicado por Érica Caetano em Dicas

Compartilhe

A Lei de isenção de taxa no vestibular beneficiará estudantes de baixa renda
A Lei de isenção de taxa no vestibular beneficiará estudantes de baixa renda

Foi sancionada pela presidente da república Dilma Rousseff a Lei nº 12.799/13, que isenta estudantes de baixa renda da taxa de inscrição dos vestibulares de instituições federais.

A medida, aprovada em abril de 2013, garante a isenção para aqueles que estudaram durante todo o ensino médio na rede pública de ensino ou na rede particular através de bolsas de estudos.

Segundo a lei, aqueles candidatos que possuem renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio podem exigir a isenção nos processos seletivos, pois se enquadram no grupo de estudantes com baixa renda. Além disso, a medida impõe que universidades federais também adotem programas para isenção da taxa de inscrição parcial, de acordo com a situação socioeconômica do vestibulando.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Todas as instituições de ensino superior federais já utilizavam programas para avaliação de isenção de taxa. Geralmente, o benefício era concedido para aqueles que fossem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Agora, devem prevalecer os valores de renda estipulados pela nova Lei de isenção.

A medida auxiliará milhares de estudantes e, ao que tudo indica, também deverá aumentar o número de beneficiados com a isenção. Com isso, é provável que mais universidades comecem a utilizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como única forma de ingresso, já que, atualmente, a elaboração, o planejamento e a execução de processos seletivos próprios têm demandado gastos elevados para as instituições de ensino públicas.

VEJA TAMBÉM

1 2
  • Leia as redações nota mil do Enem 2018

    O Inep liberou ontem, dia 19, o acesso aos espelhos das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 para os candidatos. A cópia digitalizada da redação do participante só pode ser utilizada para verificação, a chamada vista pedagógica, já que o Inep não recebe recursos contra as nota.

  • Enem 2018: espelho da redação e notas dos treineiros são liberadas

    Participantes do Enem 2018 podem acessar a partir de hoje, 18 de março, o espelho da redação. O texto foi realizado em novembro do ano passado e teve como tema “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. 

  • Inscrições para o Vestibular 2019/2 da ESPM estão abertas

    A Escola Superior de Marketing e Propaganda (ESPM) abriu inscrições para o Vestibular 2019/2 das suas três unidades: São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. O prazo vai até 13 de junho para ingresso via provas tradicionais e até 24 de maio via Enem.