1. Home
  2. Dicas
  3. Como escolher um cursinho pré-vestibular?

Como escolher um cursinho pré-vestibular?

Escolha do cursinho pré-vestibular deve levar em conta aspectos importantes para conforto e adaptação do estudante.

Publicado por Wanja Borges em Dicas

Compartilhe

Infraestrutura não é o único fator que garante a qualidade do cursinho
Infraestrutura não é o único fator que garante a qualidade do cursinho

O número de vestibulandos que recorrem ao famoso cursinho pré-vestibular para organizar a rotina de estudos e intensificar a preparação para as provas vem aumentando significativamente. Contudo, em muitos casos, a dúvida sobre quais aspectos analisar na hora de escolher um curso preparatório prevalece. Ao contrário do que muitos pensam, qualidade do corpo docente e infraestrutura da instituição não são os únicos fatores que garantem a qualidade do pré-vestibular. 

Conheça alguns cursinhos comunitários

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente o curso e a universidade escolhidos pelo estudante e sua concorrência no meio acadêmico. Se você optar por Medicina, por exemplo, em uma disputada universidade pública, o esforço e a dedicação deverão ser maiores e, consequentemente, o candidato deverá ser mais exigente e criterioso na escolha do pré-vestibular. Em muitas regiões, existem cursinhos específicos para determinados cursos ou universidades. Dependendo da escolha, eles podem ser uma boa opção. 

Além disso, é preciso analisar o tipo do cursinho. Atualmente, são oferecidas turmas de extensivo, cuja duração é de um ano, e semiextensivo, que corresponde a seis meses de aula. Enquanto o primeiro é mais indicado para estudantes que irão prestar vestibular apenas no fim do ano, o segundo atende as necessidades de vestibulandos interessados nos processos seletivos semestrais. Neste caso, não é só o tempo que deve ser levado em conta, mas também a grade curricular de cada um deles. 

Referências

Consultar a opinião de amigos, familiares e conhecidos sobre os cursos preparatórios escolhidos também é uma boa alternativa. Uma conversa descontraída e franca pode permitir a ampliação dos horizontes e a análise imparcial dos prós e contras de cada opção.

Fazer uma pesquisa sobre o cursinho na internet e checar os índices de aprovação também podem auxiliar neste quesito. É importante focar a atenção na quantidade de alunos aprovados nas principais universidades, não nos primeiros lugares garantidos. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qualidade

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A qualidade dos professores é, sem dúvida, um critério decisivo neste momento, mas analisar as atividades extracurriculares oferecidas pelo pré-vestibular também é um aspecto importantíssimo. A prática é melhor do que a teoria, por isso, procure se informar se existem monitorias, aulões e simulados e qual é a periodicidade de cada um deles. Além disso, é importante checar a propriedade dos materiais de apoio: se eles são produzidos pela própria instituição ou se são utilizados materiais externos. 

Infraestrutura

Outro ponto importante é a infraestrutura da escola. O aconselhável é fazer uma visita à instituição antes de se matricular e, na ocasião, verificar se as instalações atendem as expectativas do estudante. Normalmente, as acomodações, quantidade de alunos por sala e recursos como ar-condicionado e microfone são as principais exigências dos candidatos. Localização, custo e método de ensino também são pontos que podem auxiliar o estudante a avaliar o custo-benefício de cada um dos cursinhos. 

Preço

Geralmente, os pré-vestibulares particulares oferecem bolsas de estudos por meio de uma seleção. Por outro lado, para jovens carentes existem diversas opções de cursinhos comunitários, ministrados normalmente por alunos e professores de renomadas universidades públicas, com custo quase zero.

Mas o mais importante é o vestibulando se adaptar ao preparatório escolhido, por isso, vale a pena participar de aulas experimentais para ver qual curso, de fato, encaixa-se no perfil do candidato. No mais, é se matricular, estudar e garantir seu lugar ao sol. 

VEJA TAMBÉM

1 2
  • Mais de 1,7 mil vagas são oferecidas no Preparatório SeLigaNoEnemPB

    A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT-PB) recebe a partir de quarta-feira, 20 de fevereiro, as inscrições para o preparatório para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) “SeLigaNoEnemPB”, para alunos egressos de escolas da rede estadual. Os interessados poderão se inscrever até o dia 10 de março.

  • Cursinho Federal de Goiás (UFG) oferta 300 vagas em 2019

    O Cursinho Federal de Goiás (CFG) recebe inscrições a partir desta quarta-feira, 20 de fevereiro, para novas turmas de 2019. Os interessados deverão se dirigir ao Centro de Aula da Escola de Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás (EVZ UFG) até sexta-feira, dia 22, das 8h às 12h e das 14h às 18h. 

  • UFMG solta resultado do Vestibular 2019

    A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) liberou na tarde de hoje, 7 de fevereiro, a relação de aprovados no Vestibular 2019.

  • Cursinho Popular de Hortolândia (SP) está com inscrições abertas

    O cursinho Pré-vestibular Popular Orientação para Vestibular e para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ofertado pela Prefeitura de Hortolândia, em São Paulo, esá recebendo inscrições para novos participantes até o dia 1º de março.Os interessados podem se inscrever pelo site da Prefeitura, gratuitamente.

  • Divulgada a 4ª chamada do Vestibular 2019 da Unesp

    A Universidade Estadual Paulista (Unesp) divulgou nesta segunda-feira, 18 de fevereiro, a 4ª  chamada do Vestibular 2019. Os convocados deverão fazer as matrículas online entre as 10h de hoje até as 18h de amanhã (19). Será necessário fazer o upload da documentação listada no Manual do Candidato.

  • Resultado do Vestibular 2019 da Unifei (MG) é liberado

    A Universidade Federal de Itajubá (Unifei), em Minas Gerais, soltou na tarde de hoje, a lista de aprovados no Vestibular 2019 dos cursos de Engenharia