1. Home
  2. Dicas
  3. 10 dicas para calouros se adaptarem à faculdade

10 dicas para calouros se adaptarem à faculdade

Os primeiros dias como universitário nem sempre são fáceis, por isso, é importante conhecer bem o espaço, rotina e pessoas com quem você vai conviver nos próximos anos.

Publicado por Giullya Franco em Dicas

Compartilhe

Ingressar na faculdade é uma conquista para muitos estudantes depois de passar por cursinhos e vestibulares
Ingressar na faculdade é uma conquista para muitos estudantes depois de passar por cursinhos e vestibulares

A fase de mudança do Ensino Médio para a Universidade costuma misturar as incertezas com a expectativa de começar algo novo para o estudante. Afinal, tudo o que é novidade traz essa sensação boa de frio na barriga e empolgação ao mesmo tempo.

Será que eu escolhi o curso certo? Como vou fazer novos amigos? Quando devo começar a trabalhar? E para montar essa grade de aulas, como faço? Todas essas e mais um pouco são as dúvidas que surgem no subconsciente do calouro.

O ingresso numa universidade exige uma mudança de postura, mais maturidade e um comprometimento ainda maior. 

Nesta fase, o aluno precisa ter mais responsabilidade e independência, pois o professor de faculdade não cobrará tanto a participação em sala de aula, elaboração de trabalhos e estudos para a prova. Agora é a hora que o próprio aluno se cobra pelos seus estudos e traça os seus próprios objetivos.

Por isso, o Super Vestibular conversou com o pró-reitor acadêmico da UniCarioca, Max Damas, e juntos selecionamos 10 dicas importantes para fazer a diferença no caminho que o novo universitário vai percorrer nos anos de vida acadêmica.

Dicas para calouros

1 – Montar a grade de aulas

Geralmente, todas instituições de ensino propõem uma grade de horários padrão para os alunos novos, sendo importante que o estudante já tenha essa grade em suas mãos. Na maioria das vezes, esses horários estão disponíveis no portal ou o aluno os recebe por e-mail.

2 – Participar do trote

Nesse momento que você ainda está um pouco perdido, o trote é uma oportunidade para começar a conhecer as pessoas com quem vai conviver nos próximos meses ou anos. Mesmo que o conhecido trote assuste um pouco é importante lembrar que você não deve fazer nada que o deixe desconfortável ou que comprometa o seu bem-estar. Mas, divirta-se de maneiras que o agrade. Além disso, algumas instituições têm a tradição de fazer o trote solidário para arrecadar roupas, alimentos e valores financeiros com o objetivo de ajudar quem precisa, o que também é uma alternativa bem legal.

Veja também: Os dois lados do trote universitário

3 – Organizar os estudos

Algumas instituições oferecem orientadores psicopedagógicos que dão pequenas dicas que auxiliam os alunos na organização de um planejamento diário de estudo. Procure na sua instituição esse serviço que pode estar disponível também em plataformas digitais.

4 – Conhecer o curso

Procure o coordenador do curso pessoalmente ou envie um e-mail agendando uma conversa elucidativa sobre as características do curso e os aspectos da formação profissional. Isso pode ajudá-lo a ter uma ideia mais clara sobre a profissão que você escolheu.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

5 – Buscar o transporte

Informe-se com amigos e parentes próximos sobre os meios de transporte existentes ou vá até a instituição e pergunte, na secretaria, quais as melhores formas de realizar o deslocamento. Algumas instituições oferecem no próprio site mapas e caminhos de como fazer o transporte da melhor forma possível.

6 – Fazer novas amizades

Esse processo faz parte da vida. Cada vez que tomamos uma decisão que nos transporta para um ambiente novo, isso sempre ocorrerá. Enxergue isso como uma oportunidade de novas aprendizagens e relacionamentos. Procure pessoas que tenham afinidades com você e use as redes sociais para socializar o convívio e proximidade com seus novos colegas.

amigos no campus
Fazer amizades é importante para adaptação à faculdade

7 – Conhecer os programas de estudos

Algumas instituições de ensino possuem programas de nivelamento gratuitos (presenciais ou virtuais) que ajudam o calouro a rever conceitos importantes de conteúdos que já foram vistos há muito tempo. Aproveite a primeira semana para se inscrever nesses programas e aproveitar ao máximo o que o seu novo ambiente de aprendizagem pode lhe oferecer.

8 – Dialogar com professores e colegas sobre o curso

Aproveite as primeiras semanas para fazer o máximo de leituras e assistir a vídeos sobre a profissão que você escolheu. Leve as dúvidas para a sala de aula e exercite o diálogo com os professores e seus atuais colegas. As dúvidas diminuirão e você ficará cada vez mais confiante da escolha que você fez. Pode ser também que você perceba que o curso que você escolher não tem muito a ver com você, aproveite que já está dentro de uma instituição de ensino e veja quais são as outras possibilidades que existem para você.

9 – Conhecer o campus

Saber onde você está e para onde você deve ir em termos de localização é muito importante e pode te ajudar a economizar o tempo e evitar se atrasar para muitas coisas. Busque saber onde está a biblioteca, cantinas e restaurantes, laboratórios, coordenação para otimizar e facilitar seu tempo na faculdade.

10 – Atenção aos prazos

É importante ficar ligado ao cronograma anual da instituição. Cada universidade tem suas datas específicas para a entrega de documentos, abertura de processos, inscrição em eventos e muitos outros que o estudante não pode perder. Procure no portal do aluno ou na coordenação do curso se informar sobre as datas importantes para você.
 

VEJA TAMBÉM

1 2