Home Notícias USP aprova sistema de cotas e aumenta vagas do SiSU

USP aprova sistema de cotas e aumenta vagas do SiSU

A implantação do Sistema de Cotas será gradativo e deve reservar, até 2021, 50% das vagas.

Publicado por Rafael Batista em 05 de Julho de 2017 às 10:20 em Notícias

Compartilhe

A Universidade de São Paulo (USP) decidiu que vai reservar 50% das vagas por curso e turno para cotas raciais e sociais. Apesar de ter uma política de ações afirmativas, esta é a primeira vez que a universidade adota um sistema de reserva de vagas.

Serão contemplados com as cotas da USP os estudantes oriundos de escolas públicas e autodeclarados pretos, pardos e indígenas (PPI). As vagas serão reservadas já para o Vestibular 2018, mas será feita de forma gradativa, finalizando em 2021.

Deste percentual destinado a estudantes de escolas públicas, haverá uma nova reserva de 37% das chances para estudantes autodeclarados PPI. O índice é proporcional aos grupos raciais do estado de São Paulo, conforme os dados do IBGE.

SiSU

Outra novidade para ingresso em 2018 é a ampliação das vagas oferecidas pela USP por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além dos cursos da Faculdade de Medicina (FMUSP), que passam a oferecer vagas pelo SiSU, a universidade pretende um total de 2.745 vagas nesta modalidade. Somando 407 novas oportunidade em relação a 2017.

O SiSU já prevê a reserva de vagas para estudantes de escolas públicas, sendo assim do total de vagas que devem ser oferecidas em 2018, 423 são para ampla concorrência, 1.312 para estudantes de escolas públicas e 1.010 para estudantes de escolas públicas, autodeclarados pretos, pardos e indígenas.

Inclusp

Mesmo com a adoção do sistema de reserva de vagas, o Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp) continua sendo oferecido. Neste sistema, os estudantes de escolas públicas contam com bônus na nota final do vestibular, realizado pela Fuvest. O acréscimo na nota pode chegar a 25%, conforme o grupo em que o candidato se enquadra.

Novas vagas

A USP anunciou ainda a criação de 60 novas vagas para o curso de Medicina, em uma turma que será aberta na Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Este é o terceiro curso de Medicina que universidade abre, os outros funcionam em São Paulo e Ribeirão Preto.

Das novas vagas abertas, que já estarão disponíveis em 2018, 12 são para ingresso via SiSU, com reserva para estudantes de escolas públicas. Além de Medicina, houve também o aumento de vagas nos cursos de Sistemas de Informação (de 40 para 50 vagas) e Biblioteconomia (de 15 para 20 vagas). 

VEJA TAMBÉM

1 2