Home Notícias UFRGS cria novas cotas e anuncia criação de comissão para avaliar critério de raça

UFRGS cria novas cotas e anuncia criação de comissão para avaliar critério de raça

As mudanças anunciadas já entrem m vigor para o Vestibular e SiSU 2018.

Publicado por Rafael Batista em 26 de Setembro de 2017 às 11:25 em Notícias

Compartilhe

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) aprovou algumas alterações em sua Política de Ações Afirmativas da instituição que já estarão em vigor para ingresso em 2018. As medidas influenciam tanto o Concurso Vestibular, quanto as vagas ofertas pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Um dos principais pontos é a reserva de vagas para pessoas com deficiência, em virtude da Lei 13.409/2016, que atualizou a Lei de Cotas. Sendo assim, os estudantes de escolas públicas, que se inscreverem pelo sistema de cotas, deverão se enquadrar em uma das oito modalidades previstas, conforme o gráfico:

- L1: candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita;

- L1 – PcD: candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita e Pessoa com Deficiência (PcD);

- L2: candidato egresso Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena;

- L2 – PcD: candidato egresso Sistema Público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena e Pessoa com Deficiência (PcD);

- L3: candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar;

- L3 – PcD: candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar e Pessoa com Deficiência (PcD);

- L4: candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar, autodeclarado preto, pardo ou indígena.

- L4 – PcD: candidato egresso do Sistema Público de Ensino Médio independentemente da renda familiar, autodeclarado preto, pardo ou indígena e Pessoa com Deficiência.

Comissão de Avaliação de Cotas

Além da nova modalidade, a UFRGS vai implantar uma comissão para homologar o ingresso de pretos, pardos e indígenas no Programa de Ações Afirmativas. A intenção é que a banca de avaliação analise o fenótipo do candidato para constatar se ele é visto como pertencente ao grupo racial declarado.

Serão consideradas outras características além da cor da pele, como tipo de cabelo, formato do nariz e dos lábios. No caso dos inscritos como indígenas, a comprovação será feita por meio da apresentação de ocumentos com validação das lideranças da comunidade de origem ou de instituições da área.

Vestibular 2018

 A UFRGS ainda não divulgou informações sobre o cronograma de inscrições do Vestibular 2018. Os pedidos de isenção de taxa serão recebidos até esta terça-feira, dia 26 de setembro. As provas estão marcadas para acontecer entre os dias 7 e 10 de janeiro de 2018.

Mais informações no site da Coperse/UFRGS.

VEJA TAMBÉM

1 2