Home Notícias Inep ainda não divulgou espelho da correção da redação do Enem 2015

Inep ainda não divulgou espelho da correção da redação do Enem 2015

Mais de 5,5 milhões de participantes fizeram o texto em 25 de outubro do ano passado

Publicado por Silvia Tancredi em 17 de Maio de 2016 às 14:47 em Notícias

Compartilhe

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação, ainda não liberou o espelho da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015.  Desde a edição de 2012, os participantes tinham acesso à correção do texto. 

O Super Vestibular entrou em contato com a Assessoria de Comunicação do Inep em algumas ocasiões, mas em todas foi avisado de que não haviam informações e previsão de quando seria feita a divulgação do espelho da redação.

Competências

Em meados de abril, quando o candidato fazia o login na página do participante do Enem 2015, constava que a correção do texto tinha sido feita  com base em cinco competências, sendo que cada uma valia 200 pontos e a redação final nota mil. Veja abaixo detalhes:

Na página do Enem, os estudantes também tiveram acesso ao desempenho que obtiveram no texto em comparação aos demais participantes. Por exemplo, quem tirou nota entre 701 e 800 se enquadrava entre 7,1% dos candidatos cujas redações foram corrigidas. Saiba mais abaixo

Na época, estudantes relataram nas redes sociais de que conseguiam fazer o login na página do participante, mas não tiveram acesso ao espelho da redação. 

Desde que as inscrições para o Enem 2016 começaram, em 9 de maio, os candidatos não podem mais ter acesso à página do participante do Enem 2015.

Como é feita a correção

Todas as redações do Enem são avaliadas por dois corretores, que atribuem nota de zero a 200 pontos em cada uma das cinco competências avaliadas. Caso a diferença entre as notas dos dois seja maior que 100 pontos na soma total das competências ou maior do que 80 pontos em uma ou mais competências, um terceiro corretor fica encarregado de dar a nota. Persistindo a discrepância, a redação é encaminhada para uma banca especial, formada por três membros e presidida por um doutor, que atribui a nota final.

Tema da redação

No Enem 2015, mais de 5 milhões de candidatos de todo Brasil fizeram as provas em 24 e 25 de outubro. O tema da redação foi “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, que teve grande aceitação dos participantes, segundo o ministro da educação, Aloizio Mercadante. Foram corrigidos mais de 5,5 milhões de textos, porém apenas 104 candidatos atingiram pontuação máxima (mil). Em 2014, 250 tiraram essa nota.

Entenda o caso

Em dezembro de 2015, a 3ª Turma do Tribunal Regional Federal decidiu que o Inep deveria disponibilizar o acesso ao espelho da redação junto com a nota individual de cada candidato participante. A decisão foi considerada válida para todo o território nacional e foi acolhida a partir de recurso do Ministério Público Federal (MPF). 

Contudo, em janeiro deste ano, de acordo com a assessoria de imprensa do TRF4, o processo em questão ainda não tinha sido concluído e ainda cabia recurso. O Inep teria sido notificado e teria até 15 de fevereiro para se manifestar. Como o resultado do Enem 2015 saiu em 8 de janeiro e, nesse dia, deveriam sair as notas das provas objetivas e da redação, o espelho da redação não foi divulgado. 

VEJA TAMBÉM

1 2