Home Notícias Enem 2016 terá identificação biométrica e aplicativo para celular

Enem 2016 terá identificação biométrica e aplicativo para celular

Dados foram divulgados hoje pelo MEC. Inscrições começam em 9 de maio.

Publicado por Silvia Tancredi em 14 de Abril de 2016 às 14:32 em Notícias

Compartilhe

Coleta de dados biométricos dos participantes no dia das provas e aplicativo para smartphones para acompanhamento de inscrições e envio de informações. Essas são as principais novidades do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Elas foram divulgadas na manhã de hoje, 14 de abril, pelo ministro da educação, Aloizio Mercadante. 

Saiba mais sobre o Enem 2016

De acordo com o ministro, a coleta dos dados poderá ser feita no primeiro ou no segundo dia de provas. A ficha de identificação digital será adotada para evitar casos de um candidato realizar o exame de outra pessoa. “É uma das fraudes que identificamos, um fazer a prova pelo outro. É fraude zero”, acredita. 


Ficha de Identificação Digital do Enem (clique para ampliar)

O aplicativo é outra novidade do Enem 2016 para os participantes do maior exame educacional do Brasil. Agora, eles poderão acompanhar em seus celulares dados enviados pelo MEC, como o cronograma do Enem, mural de avisos, informações e dicas. O aplicativo terá ainda o espaço do participante, com os dados pessoais de cada um.

Datas

Além dessas informações, Mercadante também divulgou as principais datas do Enem 2016. Confira abaixo:

-15/04: publicação do Edital do Enem 2016;
-Das 10h de 09/05 a 23h59 de 20/05: período de inscrições;
-21h59 de 25/05: prazo para pagamento da taxa de inscrição;
-05/11: primeiro dia de provas;
-06/11: segundo dia de provas.

Nesta edição, o valor da taxa de inscrição subiu R$ 5, passando de R$ 63 para R$ 68. A partir de agora, a taxa poderá ser paga em qualquer agência bancária, lotérica e agência dos Correios. Até o ano passado, o pagamento somente podia ser feito no Banco do Brasil. 

O MEC estima que, para esta edição do Enem, serão produzidas 17 milhões de provas, o que sinalizaria que são esperados 8,5 milhões de estudantes. Os testes serão distribuídos em 1.716 municípios brasileiros por 65 mil malotes e passando por 13 mil rotas de distribuição. Cerca de 917 mil colaboradores devem trabalhar no Enem 2016.

Hora do Enem 

No início deste mês, o MEC lançou a plataforma gratuita “Hora do Enem”, por meio da qual os participantes terão acesso a testes, vídeos, dicas, entre outros. A intenção é que o candidato personalize seu estudo, focando no curso superior para o qual quer ingressar. Veja detalhes.

Super Vestibular

O Super Vestibular disponibiliza material completo para se preparar para o Enem 2016. Aqui você encontra as correções comentadas das provas dos anos anteriores, avalia seus conhecimentos ao realizar o nosso simulado, confere as provas e gabaritos das outras edições, passa a entender sobre o funcionamento e o sistema de avaliação do Exame, entre várias outras dicas para aprimorar seus estudos. 

VEJA TAMBÉM

1 2