Home Notícias Edital do Enem 2016 é publicado

Edital do Enem 2016 é publicado

Estudantes deverão se inscrever entre os dias 09 e 20 de maio. Provas serão em novembro.

Publicado por Érica Caetano em 15 de Abril de 2016 em Notícias

Compartilhe

O Edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 foi divulgado na edição de hoje, 15 de abril, do Diário Oficial da União (D.O.U.). Conforme o documento, as inscrições começarão a ser recebidas a partir das 10h do dia 09 de maio. Os estudantes poderão fazer o cadastro até as 23h59 de 20 seguinte.

Confira o Edital do Enem 2016!

No documento, os participantes poderão encontrar as matrizes e as referências do Enem 2016, dados sobre as correções das provas, as instituições de ensino que poderão emitir o certificado do ensino médio, entre outras informações. Sobre este último item, mesmo com o novo exame a ser criado pelo Ministério da Educação (MEC) com este objetivo, o Enem continuará valendo para aqueles que queiram obter a certificação.

Ainda segundo o Edital, as provas serão aplicadas este ano em 05 e 06 de novembro e não no mês de outubro, como costuma acontecer, devido as eleições 2016. As provas serão distribuídas em 1.716 municípios brasileiros e espera-se 8,5 milhões de estudantes. No primeiro dia, serão provas de Ciências Humanas e de Ciências da Natureza e, no segundo, de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, de Matemática e de Redação.

Em relação às edições anteriores, o Enem deste ano apresenta mudanças, as quais foram divulgadas pelo MEC ontem (14). Confira:

- Taxa de inscrição

Desde 2004, os estudantes pagavam R$ 35 para fazer as provas. Em 2015, a taxa passou para R$ 63 e este ano será de R$ 68. Além disso, os estudantes somente poderão fazer o pagamento até as 21h59 de 25 de maio. Este ano, elas serão recebidas em qualquer agência bancária, além de lotéricas e agências dos Correios.

- Isenção

Como acontece desde a edição de 2015, alunos do último ano do ensino médio da rede pública e pessoas de baixa renda continuam isentos da taxa de inscrição, mas se não comparecerem nos dois dias de provas, não terão direito à gratuidade na edição de 2017. Para aqueles que devem se cadastrar como isento, após o registro, é necessário apresentar os documentos comprobatórios de tal condição, por meio da declaração de carência socioeconômica.

Aqueles que não compareceram às provas do ano passado e queiram novamente solicitar o benefício deverão justificar sua anterior ausência no ato da inscrição para então concorrer o benefício. Quem não realizar este procedimento, deverá pagar a taxa até o fim do prazo ou perderá sua inscrição.

- Inclusão

Outra novidade é que todos aqueles os candidatos que ao se inscreverem, declararem que necessitam de atendimento especializado e/ou específico deverão apresentar seus respectivos documentos comprobatórios. Aqueles que já apresentaram o documento em anos anteriores não precisam apresentar novamente. Participantes com deficiências visuais terão recursos disponíveis como provas ampliadas e em Braille, ledor e transcritor. Candidatos com discalculia também contarão com recursos de ledor e transcritor.

No Edital também conta que os participantes travestis e transexuais poderão utilizar o nome social, ou seja, o nome diferente do documento de identificação, desde que solicitem na Página do Participante entre os dias 1º e 8 de junho, mediante documentação comprobatória. Eles também terão direito a usar o banheiro de acordo com o nome e deverão ser chamados assim pelos monitores de sala.

- Horário das provas

Em 2014, os portões eram abertos às 14h e fechados às 13h, quando também iniciavam as provas. Desde a edição do ano passado, os portões passaram a ser fechados às 13h, mas os exames começam às 13h30. Nesse intervalo, os monitores e os seguranças poderão identificar os participantes. No primeiro dia, os testes encerrarão às 18h e no segundo às 19h.

Além de todos aparato já utilizado para a segurança do Enem, como detectores de metais dentre outros, este ano haverá também a coleta de dados biométricos dos participantes no dia das provas. A ficha de identificação digital será adotada para evitar casos de um candidato realizar o exame de outra pessoa.

Até 2014, o cartão de confirmação de inscrição, no qual constam os locais onde as provas são aplicadas, era enviado pelos Correios. Em 2015, o MEC optou por disponibilizar aos estudantes o documento para impressão por meio da página do Exame. E assim ocorrerá este ano novamente, visando uma economia de R$ 18 milhões em papel.

- Hora do Enem e outras tecnologias

No início deste mês, também foi lançada uma nova plataforma gratuita chamada "Hora do Enem", que tem como objetivo contribuir para a preparação dos candidatos, possibilitando que eles façam simulados online para medir como se saem nas quatro áreas do conhecimento do Enem. Outras ações do a Hora do Enem serão a oferta de uma plataforma de estudos personalizada, o MECFlix, que ofertará 300 vídeos pela internet. Veja mais aqui!

Um aplicativo do Enem para smartphones também foi criado, onde será possível fazer o acompanhamento da inscrição e acessar informações como senha, cronograma, mensagens, número de inscrição, local de prova etc.

Estude com o Super Vestibular!

O Super Vestibular disponibiliza material completo para se preparar para o Enem 2016. Aqui você encontra as correções comentadas das provas dos anos anteriores, avalia seus conhecimentos ao realizar o nosso simulado, confere as provas e gabaritos das outras edições, passa a entender sobre o funcionamento e o sistema de avaliação do Exame, entre várias outras dicas para aprimorar seus estudos. 

VEJA TAMBÉM

1 2