Home Notícias Cinco carreiras promissoras em 2016 mesmo em tempos de crise

Cinco carreiras promissoras em 2016 mesmo em tempos de crise

A escolha de cursos em áreas que se mantêm aquecidas pode garantir segurança na vida profissional.

Publicado por Rafael Batista em 08 de Abril de 2016 às 18:07 em Notícias

Compartilhe

Diante do cenário econômico atual e da crescente taxa de desemprego no Brasil, os estudantes que estão na época de escolher o curso para concorrer no vestibular podem estar em dúvida se a carreira preferida tem futuro. No entanto, mesmo com tais resultados da economia, é possível pensar em áreas que continuam crescendo. 

A opção por uma graduação depende muito das aptidões do vestibulando, mas não dá para descartar a aposta em áreas promissoras, principalmente em tempos de crise econômica. Não significa que há alguns ramos da economia que não foram impactados pelos resultados financeiros do mercado, mas sim que a procura por produtos e serviços de determinadas áreas não tendem a diminuir em virtude da crise.

Com base em um levantamento feito pela Catho, o Super Vestibular listou as cinco carreiras que devem permanecer em alta em 2016 e nos próximos anos:

1. Tecnologia

Programação

Além do aumento de oportunidades para Programador, os salários são atraentes.

O aumento de páginas na internet e a criação de novas empresas de tecnologia e startups amplia a demanda de profissionais formados nessa área. Além do gradual número de oportunidades, os salários oferecidos são atraentes. É possível destacar os cargos de Analista/Técnico de Suporte, Analista em Tecnologia da Informação (TI), Desenvolvedor e Programador.

Para atuar nessa área os vestibulandos podem cursar Ciência da Computação, Gestão da Tecnologia da Informação, Engenharia de Software e Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

2. Saúde

Saúde

Medicina e Enfermagem são os principais cursos da área da Saúde.

Além de permanecer em alta, o ramo da saúde deve continuar atraindo investimentos, visto que é uma das áreas que a maioria da população ainda resiste em fazer cortes financeiros. Outros fatores também influenciam, como o envelhecimento da população e maior acesso a planos de saúde privados. 

Entre os cursos que podem garantir uma vaga nesse ramo do mercado estão os de Medicina e Enfermagem.

3. Seguros e Setor financeiro

Finanças

Outro setor que não para, mesmo em tempo de crise, é o de Finanças.

Outro setor que tende a continuar aquecido é o financeiro e o de seguros, isso porque tais áreas estão resistindo bem à desaceleração da economia. Dentro desse ramo há uma demanda em ascensão por alguns profissionais específicos e especializados, como os da área de Compliance (que cuida dos controles e regras de transparência), por exemplo.

Entre os profissionais que encontram espaço nesta área são os formados em Ciências Econômicas e Tecnologia em Gestão Financeira.

4. Vendas

Vendas

Mesmo com a crise, profissionais de venda devem ter boas chances de emprego.

As empresas da área de vendas devem continuar na busca de profissionais que consigam alcançar bons resultados em tempos de escassez. Profissionais dinâmicos e criativos, capazes de buscar alternativas para trazer receita na área de vendas em empresas de todos os segmentos serão cada vez mais procurados para atuar neste ramo.

As oportunidades devem contemplar Tecnólogos em Gestão Comercial ou Marketing e Vendas e Publicitários.

5. Agronegócios

Agronegócios 

Agronegócios: há uma crescente demanda nos setores de carnes e produtos florestais.

A área de Agronegócios teve um desempenho melhor que o resto da economia, pois o setor é responsável por um terço de tudo que é produzido no país. Além disso, há uma crescente demanda nos setores de produção de carnes e produtos florestais.
 
Por esses motivos, os profissionais das áreas de Agronegócios, Tecnologia em Agronegócio e Administração ou Agronomia com especialização em Agronegócio devem ter grandes oportunidades nos próximos anos.

VEJA TAMBÉM

1 2