Home Intercâmbio Antes de viajar Visto para estudante de Intercâmbio

Visto para estudante de Intercâmbio

Na maioria dos casos, para conseguir o visto é necessário estar matriculado em uma instituição no país desejado.

Publicado por Letícia de Oliveira Januário em Antes de viajar

Compartilhe

Existem vários tipos de visto para estudantes
Existem vários tipos de visto para estudantes

O desejo de estudar fora do Brasil é o grande sonho de muitos brasileiros. A realização deste sonho vem se tornando mais acessível. De acordo com a Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta), o mercado de intercâmbio e educação internacional no país deve passar de 1 bilhão de dólares de 2012, para 1,3 bilhão em 2014, com o crescimento de 30%. 

Além de enriquecer o currículo e aprender outra língua, fazer um intercâmbio amplia a experiência de vida. Mas para concretizar este sonho é preciso passar por algumas epatas, como conseguir um visto para estudar no exterior.

Os destinos mais procurados pelos brasileiros são Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Espanha, Portugal e Austrália. Cada país possui suas regras quanto à emissão do visto, mas em todos os casos é preciso que o candidato já esteja matriculado em uma instituição no país. Veja o que exige cada país: 

Estados Unidos
O visto concedido a estudantes que desejam frequentar uma instituição acadêmica dos EUA é chamado de F-1 e tem validade de 4 anos. Para solicitar é necessário que o candidato tenha em mãos o I-20, formulário emitido pela instituição que comprova a matrícula na instituição. É preciso também que o candidato verifique se a instituição é autorizada a prover o visto. 

Com o I-20 em mãos deve-se marcar uma entrevista com o consulado Norte-Americano, pelo site, preencher um formulário online chamado DS-160 e efetuar o pagamento da taxa SERVIS no valor de 160 dólares. O I-20 chega em até 4 semanas após a efetivação da matricula.

No dia da entrevista é necessário levar os seguintes documentos: Formulário DS-160, Passaporte, uma foto recente 5x5, recibo de pagamento da taxa SERVIS e documentos que comprovem que o estudante vai para os Estados Unidos somente para estudar e que tenha fundos necessários para se sustentar durante este período, como declaração de imposto de renda, extrato bancário, comprovante de residência, carteira de trabalho/comprovante de matrícula em alguma instituição brasileira.

Canadá
Quem deseja estudar no Canadá precisa tirar o Visto de Permissão de Estudos (Study Permit). Para solicitar este visto primeiramente é preciso ter em mãos uma carta de aceitação de uma escola no Canadá, além dos seguintes documentos: cópia da carteira de trabalho, duas fotografias recentes 3x5, passaporte dentro do tempo de validade e documentação que comprove recursos disponíveis para custear o período de estudos, como declaração de imposto de renda e os três últimos holerites ou extratos bancários.

Para estudar em Québec é necessário um certificado de aceitação da província, neste caso a carta será enviada ao estudante junto com a aceitação da escola. O valor da solicitação do visto de permissão para estudos é de R$ 300 e deve ser pago através de deposito bancário. Dependendo da natureza dos estudos e do tempo de estadia, o consulado pode também solicitar um exame médico. Mais informações nesta página.

Reino Unido
O visto emitido para pessoas que querem estudar no Reino Unido é chamado de Tier 4 para consegui-lo é necessário que o candidato outorgue um curso classificado como nível 6 pela  National Qualifications Framework (NQF), que seja em período integral e que tenha uma grande curricular com 15 horas semanais. 

Para retirar o Tier 4 é preciso de passaporte, duas fotos, do mesmo tamanho da foto usada no passaporte e documentos que comprovem recursos disponíveis para custear os estudos e a vida no Reino Unido. Com os documentos em mãos é só fazer a inscrição online, preencher o formulário, fazer o pagamento da taxa e agendar a entrevista com o consulado. Mais informações sobre o Tier 4, nesta página.

Espanha
Para estudar na Espanha por mais de 3 meses, o cidadão brasileiro necessita de visto. Para solicitar o visto é exigido a seguinte documentação: Formulário de Solicitação, Foto 3x4 recente, Passaporte com vigência mínima de um ano a partir da data de solicitação, Certificação Médica, Antecedentes Criminais expedidos com no máximo 15 dias, Carta de aceitação do Centro de Estudos, Comprovação de Disponibilidade Financeira e Seguro de Saúde Internacional. Para mais informações, acesse esta página.

Portugal 
Para estudar em Portugal, o candidato necessita obter previamente um Visto de Residência que deve ser solicitado no posto consular português da sua área de residência. Para solicitar o visto é preciso de documento emitido pelo estabelecimento de ensino em como foi admitido ou preenche as condições de admissão, além da documentação comum para retirada de visto, como passaporte válido, certificado de registo criminal e seguro de viagem.

Austrália
Brasileiros precisam de visto para estudar na Austrália e para retirada deste visto é necessário que o candidato preencha o formulário contido nesta página e reúna a seguinte documentação: Carta de oferta da instituição emitida pela instituição, confirmação de matricula, seguro de saúde, cópias autenticadas do histórico escolar e comprovante de recursos financeiros disponíveis para arcar com o custo dos estudos e a estadia no país. Há também uma taxa a ser paga no momento da apresentação do requerimento. 

União Europeia
Se os estudos na União Europeia forem de até 90 dias não é preciso que o estudante retire visto de entrada. Esta decisão foi tomada a partir de um acordo firmado em 2012 entre os dois países e que permite também que este prazo de 90 dias seja estendido e negociado com as autoridades de cada país. Para cursos com mais de 90 dias, deve tirar visto de estudante no país do curso.

VEJA TAMBÉM

1 2