Home Intercâmbio Onde conseguir ajuda

Onde conseguir ajuda

Atualmente, já é possível buscar ajuda especializada ao decidir fazer um intercâmbio

Decidir fazer intercâmbio no exterior é o pontapé inicial para surgir uma série de dúvidas em nossas cabeças. Por onde devo começar? O que devo organizar para viajar? O que é prioridade agora? Essas são somente algumas das indagações que fazemos nesse momento.

Para aliviar todo o tormento inicial, já existem profissionais atuando diretamente nessa área. Confira!

 

Agências

 Com foco na orientação e ajuda a quem deseja estudar, trabalhar ou fazer as duas coisas no exterior, agências de viagens têm segmentado seus trabalhos, ofertando consultorias exclusivas para a área de programas de intercâmbios.

Além de apresentarem pacotes que incluem passagens aéreas, seguro saúde, matrícula na escola ou universidade, hospedagem e até estágio ou emprego (podendo sofrer variações a partir do programa escolhido), as agências auxiliam o intercambista desde a escolha de seu destino até a sua chegada ao país de destino.

Mesmo com toda essa comodidade, antes de fechar qualquer pacote é preciso pesquisar muito sobre a agência, sua organização e a idoneidade de seus serviços com pessoas que já realizaram o mesmo tipo de programa. Mais importante do que comparar preços, receber informações precisas sobre as opções ideais que atendam as suas necessidades vem em primeiro lugar.

A empresa deve orientar o estudante ou o seu responsável sobre cada escola ou programa, justificando a diferenciação de valor de cada um. O que está incluso, o que não está, o que oferece, o que não oferece. Tudo precisa estar bem claro.

É necessário que a agência conheça as expectativas e necessidades do intercambista antes de oferecer um orçamento. Com essa ajuda, será possível sanar todas as dúvidas a respeito do programa de intercâmbio escolhido e curtir a experiência no exterior.

 

Eventos

Os eventos de intercâmbios são outra opção para tirar dúvidas sobre a estadia no exterior. Chamados de feiras de estudantes, são ótimas alternativas para pais e filhos esclarecerem questões e ficarem mais tranquilos a respeito dessa experiência. Conheça as duas feiras mais conhecidas:

 

- Salão do Estudante

É a maior feira de intercâmbio da América Latina atualmente. Possui mais de 250 expositores, oferece possibilidades de cursos no exterior e de conhecer agências de intercâmbio no Brasil. No evento são expostos programas específicos para adolescentes, jovens, executivos, profissionais, terceira idade, além de programas para famílias em férias. Os programas vão desde High School a Pós-graduação e MBA no exterior. Oferecem também cursos de idiomas, extensão universitária, especialização, trainee internacional, dentre outros.

A feira é uma oportunidade de estar em contato com representantes e diretores das instituições internacionais, com tradução simultânea por ex-intercambistas que já estudaram no exterior. Informações sobre passagens aéreas, tipos de acomodação, vistos, seguro saúde, câmbio de moeda estrangeira, carteira de estudante, seminários e palestras também são ofertados no evento.

O Salão do Estudante acontece anualmente, no mês de março, em oito capitais brasileiras. São elas: Salvador, Vitória, Brasília, São Paulo, Recife, Belo Horizonte, Curitiba e Rio de Janeiro.

 

- Expo Beta

O Expo Beta é um dos principais eventos de educação internacional do mundo, em que as principais instituições e organizações educacionais do exterior de mais de 50 países estão representadas. Os visitantes participam de palestras sobre os países envolvidos, sistemas de ensino e informações a respeito de vistos de vários lugares do mundo.

Quem visita a feira consegue informações sobre cursos, viagens e estadias no exterior de forma direta e clara, através de entidades e escolas internacionais. A feira acontece anualmente na cidade de São Paulo.
 

Filial de Botafogo, situada na Rua Visconde de Ouro Preto, nº 36

Instituto Brasil Estados Unidos (IBEU)

Há mais de 70 anos no mercado, IBEU atua com bolsas de estudos, exames internacionais e intercâmbio cultural.