Home Intercâmbio Antes de viajar Converse com intercambistas

Converse com intercambistas

Conversar com intercambistas é uma boa alternativa para se informar sobre prós e contras do intercâmbio.

Publicado por Wanja Borges em Antes de viajar

Compartilhe

Para entender melhor as especificidades do programa, uma boa alternativa é conversar com intercambistas
Para entender melhor as especificidades do programa, uma boa alternativa é conversar com intercambistas

A decisão de participar de um intercâmbio cultural envolve mais do que coragem e determinação. Quem pensa em abdicar um tempo da vida acadêmica para morar no exterior precisa, em primeiro lugar, definir um objetivo e analisar os prós e contras desse tipo de experiência. E é exatamente nessa hora que surgem perguntas do tipo: Como serei recebido pela host family? Terei dificuldades para me comunicar? Como é a adaptação em um país estrangeiro? Quais as maiores dificuldades enfrentadas no intercâmbio? Será que consigo ficar longe dos meus pais? 

Por se tratar, normalmente, de um programa de longa estadia, a insegurança dos pais é grande sobre deixar ou não deixar o filho estudar fora do país. Além disso, um grande número de jovens passa dificuldades no exterior simplesmente por falta de informação ou orientação de como proceder em um país estrangeiro. Para entender melhor as especificidades do programa e facilitar essa delicada tomada de decisão, uma boa alternativa é conversar com estudantes que já moraram fora do país. Dessa forma, acertos podem ser mantidos e erros podem ser corrigidos para melhor aproveitamento da experiência.   

Além disso, conhecendo mais detalhes sobre o intercâmbio vivenciado, o estudante poderá se planejar melhor para o programa, tanto financeiramente quanto emocionalmente. Analisar vantagens e desvantagens, prejuízos e benefícios antes de viajar pode ajudar o estudante a manter-se firme em seu ideal e não agir por impulso, correndo o risco, inclusive, de voltar para o Brasil no primeiro problema que tiver. Dificuldades vão existir sempre, afinal, trata-se de pessoas e culturas diferentes, mas se o estudante estiver convicto de seu ideal, tudo isso será apenas um pretexto para a superação de limites.  

VEJA TAMBÉM

1 2