Home Guia de Profissões Técnicos Segurança do Trabalho

Segurança do Trabalho

A Segurança do Trabalho é a área que estuda as leis e normas de segurança como forma de prevenir acidentes que possam ocasionar lesões ou até mesmo morte de funcionários.

Publicado por Érica Caetano em Técnicos

Compartilhe

A atuação na área do técnico em Segurança do Trabalho está bastante em alta
A atuação na área do técnico em Segurança do Trabalho está bastante em alta

São elevados os números no Brasil no que diz respeito a incidentes de doenças ocupacionais e ao número de acidentes de trabalho registrado pelas empresas. Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o país ocupava, em 1999, a 15ª posição no ranking de acidentes de trabalho no mundo.

Por conta desse número elevado é que as empresas atualmente têm-se preocupado em ter o técnico em Segurança do Trabalho como parte do quadro de seus colaboradores. Esse profissional tem a responsabilidade de supervisionar o conjunto de medidas que visam prevenir e minimizar os acidentes de trabalho, garantindo condições que reduzam ou eliminem os seus riscos.

Público-alvo

O estudante interessado em fazer o curso de Segurança do Trabalho deve estar sempre atualizado, atento ao que acontece nas empresas e indústrias, para estar apto a elaborar pesquisas e relatórios dos mais diversos temas. Um bom técnico em Segurança do Trabalho deve ter um bom relacionamento com as pessoas e ter facilidade em se comunicar, já que quando estiver atuando como profissional, deverá passar orientações aos demais colaboradores de como prevenir acidentes sem que eles vejam estas como uma obrigação, mas as vejam como regras de segurança importantes e que necessitam serem seguidas. Além disso, é preciso ter sensibilidade para fazer uma boa análise do ambiente de trabalho a fim de visualizar possíveis acidentes futuros.

O curso

O curso de Segurança do Trabalho é formado basicamente de matérias específicas da área de atuação deste profissional. O estudante terá aulas de Medicina do Trabalho, Introdução à Segurança, Higiene, Comunicação e Treinamento, Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Gerência de Riscos, Psicologia na Engenharia de Segurança, Ambiente e Doenças de Trabalho, Equipamentos e Instalações, dentre outras. O curso também possui a obrigatoriedade da execução de estágio profissional supervisionado que pode variar de 300 a 400 horas para a sua conclusão.

Duração média

De 2 a 4 semestres.

Mercado de Trabalho

Para quem deseja seguir a carreira de técnico em Segurança do Trabalho, o mercado está em alta. A atuação desse profissional é bem ampla, podendo trabalhar em empresas dos setores privados ou públicos, órgãos oficias, dentre outros.

Formas de Atuação

Depois de formado, o técnico em Segurança do Trabalho pode atuar em qualquer instituição que tenha um número maior de trabalhadores. O profissional pode trabalhar em empresas de pequeno, médio e grande porte, indústrias, fábricas, hospitais, escolas, mineradoras, na construção civil, em instituições públicas e privadas. 

Campos de Atuação

Construção Civil

(Inspeção de locais, instalações e equipamentos da obra, observando as condições de trabalho para determinar fatores de riscos de acidentes.)

Fábricas e indústrias

(além de todas as características citadas anteriormente, sugerir eventuais modificações para garantir a segurança dos funcionários.)

Escolas

(elaborar relatórios de acordo com as observações levantadas no processo de visitação das instalações.)

Empresas

(investigar as causas que levaram ao ocorrido de determinado acidente e prevenir para que não haja ocorrências da mesma natureza futuramente.)

Regulamentação da profissão

Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985.

Quantidade média de profissionais

Cerca de 56 mil profissionais no Brasil em 2008 – Dado mais atual encontrado

Remuneração média

R$ 1 mil a 2,5 mil para profissionais recém-formados

Exigências para exercício da profissão

Diploma de conclusão de curso de técnico em Segurança do Trabalho.

Ainda não há um conselho a nível federal para os técnicos em Segurança do Trabalho, mas os interessados podem obter o Registro Profissional de técnico em Segurança do Trabalho nas Delegacias Regionais do Trabalho (DRT) do Ministério do Trabalho e Emprego.

A opinião de quem entende

O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como técnico em Segurança do Trabalho ou estudante da área. Conte-nos!

VEJA TAMBÉM

1 2