Gastronomia

A Gastronomia abrange inúmeros aspectos. Ela vai desde a preparação do cardápio até a apresentação do prato e do ambiente.

Publicado por Érica Caetano em Graduação Tecnológica

Compartilhe

Ser interessado e gostar de preparar alimentos são características fundamentais para quem deseja trabalhar com Gastronomia
Ser interessado e gostar de preparar alimentos são características fundamentais para quem deseja trabalhar com Gastronomia

Engana-se quem pensa que o profissional da Gastronomia resume-se a função de apenas cozinhar. Sua atuação é muito mais ampla. O gastrônomo, nome dado ao profissional da Gastronomia, é o responsável pelo refinamento das refeições.

É o gastrônomo que cuida da preparação dos alimentos, da montagem do cardápio, da seleção dos ingredientes, da harmonização das bebidas com os pratos, além do gerenciamento e administração da cozinha, seja de restaurantes ou de empresas do ramo alimentício. Negociação com fornecedores, controle de gastos, armazenamento de produtos em estoque e coordenação de equipe estão entre as atribuições desse profissional.

 

Público-alvo

Para ser um gastrônomo é necessário que o estudante seja interessado, entenda e goste do preparo dos alimentos, preocupe-se com o gerenciamento e a administração de um estabelecimento e tenha senso estético para apresentação de pratos. É preciso ter facilidade para lidar com pessoas e para trabalhar em equipe. Ter domínio em alguma língua estrangeira é tido como diferencial nesta profissão.

 

O curso

O aluno terá aulas práticas em grande parte do curso. Além de aulas práticas, são ministradas aulas de higiene, contabilidade e planejamento de cardápios. O estudante ainda pode especializar-se em diferentes áreas da culinária, como a de doces, vinhos, pratos típicos e regionais.

 

Duração média

De 4 a 6 semestres.

 

Mercado de Trabalho

Devido ao crescimento do setor alimentício, a Gastronomia ganhou força e se expandiu, ampliando o mercado de trabalho. Com isso, as oportunidades de trabalho também estão crescendo a cada dia. A especialização do profissional em alguma área da culinária é muito importante.

 

Formas de Atuação

Depois de graduado, o gastrônomo está apto a trabalhar nas mais diversas formas de atuação dentro do segmento alimentício, tanto no que diz respeito à execução e funcionamento da cozinha quanto à coordenação e gerenciamento de estabelecimentos voltados para este ramo.

 

Campos de Atuação

Restaurantes

(produção de refeições, coordenação e gerenciamento da cozinha, administração do local.)

Empresas do setor alimentício

(gerenciamento e treinamento de funcionários, negociação com fornecedores, definição de preços de produtos.)

Consultoria

(preparação de projetos para empresas ou restaurantes com foco em reciclagem de colaboradores, reestruturação de cardápios etc.)

 

Regulamentação da profissão

O curso técnico em Gastronomia ainda não possui regulamentação, mas atende a proposta pedagógica estabelecida na Lei Federal nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996.

Decreto Federal nº 5.154/04

 

Quantidade média de profissionais

Cerca de 6 milhões de profissionais no Brasil em 2011

 

Remuneração média

R$ 1 mil a 1,5 mil para profissionais recém-formados

 

Exigências para exercício da profissão

Diploma de conclusão de curso de Gastronomia

Ainda não há conselhos a nível federal e regional para os profissionais de Gastronomia.

 

A opinião de quem entende

O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como técnico em Gastronomia ou estudante da área. Conte-nos!

 

 

 

 

VEJA TAMBÉM

1 2