Serviço Social

Profissional de Serviço Social atua na formulação de políticas públicas sociais para garantia de direitos humanos e promoção da cidadania.

Publicado por Wanja Borges em Ciências Humanas

Compartilhe

Profissional graduado em Assistência Social atua em equipes ligadas às áreas de moradia, saúde, educação, saneamento básico e previdência
Profissional graduado em Assistência Social atua em equipes ligadas às áreas de moradia, saúde, educação, saneamento básico e previdência

Considerado como um profissional de fundamental importância para a construção de políticas públicas sociais e garantia dos direitos humanos, o assistente social tem conquistado, cada vez mais, seu espaço na sociedade. Presente, principalmente, nas parcelas tidas como excluídas da sociedade, o profissional atua na coibição de situações de desigualdade social, intermediação na relação entre funcionário e empresa, acompanhamento de questões familiares, como alcoolismo e separação, dentre outras. 

Assistentes sociais são demandados tanto no serviço público quanto na iniciativa privada, em triagem e classificação de estudantes para bolsas de estudos, formulação e execução de programas sociais, recursos humanos, administração de benefícios, gestão social, treinamentos, prevenção de acidentes do trabalho, seleção de pessoal etc. Conhecido quase como um conselheiro, o assistente social não pode carregar preconceitos ou preferências, já que poderá lidar com todos os tipos de pessoas e situações. 

 

Público-alvo
Para quem tem interesse em seguir a carreira de Assistência Social, ter compromisso com a garantia dos direitos humanos e o bem-estar social é uma das características primordiais. Além disso, é desejável que o profissional tenha habilidade, paciência, sensibilidade, solidariedade, proatividade, consciência social e compreensão para lidar com as pessoas. Saber ouvir, investigar e estimular a participação da sociedade em questões sociais também são aspectos fundamentais para o bom exercício da profissão. 

 

O curso
O curso de Serviço Social é composto basicamente por disciplinas básicas da área de humanas e ciências sociais, como Sociologia, Antropologia, Economia, Psicologia, Geografia, História etc. Em relação a matérias específicas, a graduação oferece aulas expositivas e práticas sobre ética profissional, serviço e legislação social, seguridade social, processos de trabalho, saúde, dentre outros. Além disso, os graduandos também contam com aulas de legislação, nas quais aprendem um pouco mais sobre leis de áreas afins, como Constituição Federal, Estatuto da Criança e do Adolescente e Estatuto do Idoso. 

 

Duração média 
Bacharelado – 8 semestres

 

Mercado de Trabalho
Com a criação da lei que obriga a instalação de Centros de Referência de Assistência Social nos municípios brasileiros, as oportunidades voltadas para assistentes sociais têm aumentado significativamente. Atualmente, o setor público, principalmente as áreas de saúde e de políticas de assistência social, concentra grande parte dos profissionais. Contudo, a demanda também se estende a iniciativa privada, como em universidades e ONGs. 

 

Formas de Atuação
O profissional graduado em Assistência Social atua em equipes ligadas às áreas de moradia, saúde, educação, saneamento básico e previdência. Dentre as principais instituições que demandam este profissional, estão conselhos, prefeituras, varas de justiça da criança e da família, promotorias públicas, hospitais, penitenciárias, ONGs, universidades etc. 

 

Campos de Atuação 
Educação
(criação e implementação de programas de bolsa de estudo e auxílio financeiro, seleção de estudantes beneficiários etc.) 

Empresas
(gerenciamento e execução de programas educativos, implantação e acompanhamento de programas de benefícios sociais, orientação do acesso do trabalhador às políticas sociais públicas etc.)

ONGs 
(fiscalização do cumprimento dos direitos humanos etc.) 

Penitenciárias
(atuação junto aos internos, elaboração de projetos de profissionalização e reintegração do indivíduo à sociedade etc.) 

Proteção à criança e ao adolescente
(fiscalização das condições de saúde, alimentação, educação e higiene de orfanatos; auxílio na integração da criação à nova família; elaboração de projetos de amparo às crianças; fiscalização de doações etc.) 

Saúde
(facilitar o acesso da população às informações e ações educativas, prestar assistência a pacientes e seus familiares etc.) 

 

Regulamentação da profissão 
Lei nº 8.662, de 7 de junho de 1993

 

Quantidade média de profissionais
110 mil assistentes sociais no Brasil em 2012

 

Remuneração média
De acordo com o Conselho Federal de Assistência Social, o valor mínimo da hora técnica, conforme a tabela referencial de honorários da categoria, é de: 
R$ 87,26 para Graduados
R$ 97,99 para Especialistas
R$ 123,51 para Mestres
R$ 139,62 para Doutores

 

Exigências para exercício da profissão
Diploma de conclusão de curso de bacharelado em Serviço Social;
Habilitação legal - Registro Profissional no Conselho Regional de Serviço Social (Cress).

 

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como assistente social ou estudante da área. Conte-nos!

VEJA TAMBÉM

1 2