História

Escrita e leitura crítica são umas das principais exigências para atuação do profissional graduado em História.

Publicado por Wanja Borges em Ciências Humanas

Compartilhe

Grande parte das oportunidades para estudantes graduados em História ainda se concentra na área de ensino
Grande parte das oportunidades para estudantes graduados em História ainda se concentra na área de ensino

Compreensão, interpretação e análise de fatos e figuras históricas, utilizando o atual contexto social para reconstrução do acontecimento. É essa a premissa orientadora do trabalho do historiador. Mais do que fazer pesquisas e contar histórias, utilizando documentos e dados, é de competência deste profissional interpretar criticamente todos seus objetos de estudo. 

Dentre suas competências, destaca-se a interpretação e análise de documentos originais, elaboração de projetos para levantar recursos, assessoria a empresas turísticas, televisivas e muito mais. Mesmo com a falta de regulamentação da profissão, que tende a limitar a reserva de vagas dos historiadores, a profissão vem sendo adotada por muitos como meio de questionar as coisas como verdadeiramente elas são. 

 

Público-alvo

O interesse pela leitura é uma das principais características que devem ser adotadas por um historiador, principalmente por conta da grande demanda de textos exigida durante a graduação. Disciplina, organização, curiosidade, domínio da escrita científica, habilidade de comunicação, boa memória e senso crítico são fundamentos básicos para o bom exercício da profissão. 

 

O curso
O curso de história conta com disciplinas sobre períodos históricos, como as Eras Medieval e Contemporânea, e temáticas regionais, a exemplo da história brasileira e asiática. Matérias gerais de ciências humanas e específicas de metodologia também integram a grade curricular do curso. Dentre elas, tem destaque antropologia, sociologia, filosofia, economia e geografia básica, história medieval, antiga, moderna etc. 

 

Duração média 
Bacharelado e Licenciatura – 8 semestres

 

Mercado de Trabalho
Grande parte das oportunidades ainda se concentra no ensino, principalmente no interior do país. Entretanto, segmentos do ramo de pesquisa e cultura também vêm demandando os serviços do profissional com frequência, a exemplo de produções cinematográficas, turismo histórico, consultorias em revistas de história etc. O profissional graduado em história ainda atua na análise de documentos originais e acervos; produção de artigos e teses; organização de exposições históricas; produção de arte, assessorias econômicas e políticas e muito mais. 

 

Formas de Atuação
Além de atuar como professor da disciplina no ensino fundamental e médio, o profissional graduado em história também pode trabalhar com pesquisas, gestão de arquivos públicos e/ou operar no setor de turismo histórico e cultural em museus e bibliotecas. Além disso, o setor público oferece oportunidades para historiadores nas áreas de preservação de patrimônio e memória. Vagas como roteiristas de TV e em projetos voltados para preservação do patrimônio histórico também estão sendo oferecidas em maior escala. 

 

Campos de Atuação 
Autoria e consultoria
(produção e avaliação de material didático para o ensino presencial e a distância, editoras, instituições de ensino etc.) 

Consultoria
(produção de vídeo e peças de teatro de turismo histórico etc.) 

Ensino
(aula de história geral ou do Brasil para o Ensino fundamental, Médio e superior, cursos pré-vestibulares etc.) 

Memória empresarial
(pesquisa sobre a história de empresas e instituições, apresentação da pesquisa em livros, artigos, reportagens etc.) 

Pesquisa
(investigação de temas específicos em arquivos, institutos de pesquisa e universidades para produzir teses, livros, artigos etc.) 

 

Regulamentação da profissão 
No Brasil, a profissão de historiador ainda não é regulamentada, ou seja, o exercício da profissão não conta com regras, normas e conselho de classe fiscalizador. Todavia, ela é autorizada e reconhecida já que integra o Catálogo Geral de Profissões do Ministério do Trabalho. 

 

Remuneração média
R$ 980 a R$ 1,8 mil na rede pública de ensino.
R$ 1 mil a R$ 3,6 mil na rede particular de ensino, para ensino médio.
R$ 5 mil para doutor em universidade pública federal.

 

Exigências para exercício da profissão
Diploma de conclusão de curso de licenciatura em História para atuar na educação básica;
Diploma de conclusão de curso de bacharelado em História para atuar como historiador.

 

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como historiador ou estudante da área. Conte-nos!

 

VEJA TAMBÉM

1 2