Estatística

O profissional formado em Estatística tem uma gama de atuações no mercado de trabalho, além da oferta de bons salários

Publicado por Érica Caetano em Ciências Exatas

Compartilhe

Apesar de promissor, ainda faltam profissionais formados em Estatística no mercado de trabalho
Apesar de promissor, ainda faltam profissionais formados em Estatística no mercado de trabalho

O curso de graduação em Estatística forma profissionais capazes de realizarem coleta, análise e interpretação de números e cálculos para determinado fim, podendo estes serem para estudos de cunho econômico, social e outros.

O profissional de Estatística, na maioria das vezes, tem como função planejar o levantamento de dados e coordenar a aplicabilidade destes. Geralmente, isto é feito por meio de entrevistas, questionários e até construções de banco de dados.

Público-alvo

Por ser uma graduação que envolve muita Matemática pesada, é preciso que o estudante que deseje cursar a graduação de Estatística goste e tenha facilidade em lidar com números e cálculos.

O curso

O curso de Estatística, geralmente, não possui muita concorrência nos vestibulares. No entanto, isto não é sinônimo de facilidade, já que os dois primeiros anos da graduação são acompanhados de disciplinas pesadas. Cálculo linear, geometria analítica e equações diferenciais são matérias estudadas e, na grande maioria das vezes, geram bastante dificuldades nos graduandos.

As disciplinas mais específicas ao curso de Estatística, como Análise Matemática, Estatística Descritiva, Teoria das Matrizes, Cálculo, Estatística Geral, Inferência Estatística, entre outras, são ministradas na segunda metade do curso na maior parte das faculdades, o que faz com que o estudante precise ser paciente até que chegue nessa parte da graduação.

Duração média
Em média: 8 semestres (4 anos)

Mercado de Trabalho

No Brasil, apesar de abrangente, a Estatística ainda é uma carreira pouco explorada. Em média, são formados menos de 500 estatísticos por ano, apesar de serem oferecidas mais de 2 mil vagas por ano. A maior parte delas está no ensino superior público. 

É rica a gama de áreas em que podem atuam o profissional de Estatística. Eles são disputados em todos os setores: nas empresas, na academia e no governo. Mas as melhores oportunidades de trabalho estão no setor financeiro, sendo atualmente a área que mais contrata estes profissionais. Por isso, o mercado de trabalho tem tudo para ser promissor aos que concluem a graduação em Estatística.

Formas de Atuação

Os formados em Estatística podem trabalhar em qualquer ramo em que exista um banco de dados e que necessite de uma análise dessas informações para a tomada de decisão. Entre os grandes atrativos da profissão, inclusive, está a questão da diversidade de atuação na área, indo desde ações para a promoção da melhoria da eficiência como também a solução de vários problemas práticos importantes em quase todas as áreas do conhecimento.

Campos de Atuação
Dentre algumas das áreas de execução de atividades do profissional de Estatística estão:

Setor financeiro
(Os bancos e empresas de cartões de crédito começaram a perceber o valor do estatístico e há núcleos específicos para eles nas instituições financeiras);

Indústria
(Testes de novos produtos, análise de posicionamento do produto no mercado, saber como a empresa se situa entro os concorrentes, análise de satisfação dos funcionários, dos consumidores);

Agronegócio
(Aumento e eficiência da produção, análise de mercado, projeções para o agronegócio em geral);

Área biomédica
(Com testes, lançamentos de medicamentos, controle de segurança de cosméticos e etc);

Pesquisa
(Pesquisa para as mais diversas áreas do mercado, inclusive as já citadas acima, como área biomédica, de agronegócio, indústria, setor financeiro e etc).

Regulamentação da profissão
Lei nº 4.739, de 15 de julho de 1965.

Remuneração média
De R$ 4.500 a R$ 10 mil, de acordo com a área e tempo de mercado.

Exigências para o exercício da profissão
Para o exercício da profissão é exigido do profissional o diploma de graduação e ser registrado no Conselho Regional de Estatística (CONRE).

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como profissional de Estatística ou estudante da área. Conte-nos!
 

VEJA TAMBÉM

1 2