Enfermagem

Enfermagem é mais conhecida como a arte ou ciência de cuidar e tratar dos doentes, promovendo ou prevenindo a saúde.

Publicado por Wanja Borges em Ciências Biológicas

Compartilhe

Demanda por profissionais graduados em Enfermagem e especialistas em saúde da terceira idade vem aumentando
Demanda por profissionais graduados em Enfermagem e especialistas em saúde da terceira idade vem aumentando

Denominada como a arte ou ciência de cuidar e tratar dos doentes, promovendo ou prevenindo a saúde, na prática, e enfermagem vai muito além deste conceito. A qualidade de vida e bem-estar dos pacientes é premissa fundamental para o exercício da profissão. Acima do caráter mecanicista e simplificado, está o caráter humano de preservar, respeitar e reconhecer a particularidade e individualidade de cada um. Mais do que dar assistência a enfermos, o profissional de enfermagem atua, de modo integral e holístico, como um elo entre pacientes, familiares e médicos, destacando-se como um profissional vital na área médica. 

É o enfermeiro, basicamente, que assume a responsabilidade pelo cliente durante o período em que ele permanece no ambiente hospitalar. Medição da temperatura, pressão sanguínea, respiração e taxa de glicose; aplicação de injeções e medicamentos; limpeza e tratamento de feridas; administração de soro e transfusão de sangue; auxilio em operações e remoção de pontos; alimentação e higiene pessoal, além de registro do tratamento e progresso do paciente são só algumas das competências deste profissional. Aliar a competência técnica aos princípios éticos e morais é outra importante responsabilidade. 

 

Público-alvo
Para atuar na área de enfermagem, o profissional precisa, acima de tudo, tratar bem as pessoas, ter paciência, respeito, disposição, solidariedade, responsabilidade e saber trabalhar em equipe. Além dos conhecimentos técnicos e científicos, dedicação e amor são essenciais para atuar na prevenção, promoção, recuperação e reabilitação da saúde dos pacientes. Para se desenvolver na carreira, saber inglês é primordial, já que muitos materiais contam com termos técnicos em outras línguas. Outra boa opção para ascensão na profissão é fazer uma especialização na área.  

 

O curso
O início do curso de enfermagem é marcado por disciplinas básicas da área de ciências biológicas, como anatomia, citologia, parasitologia etc. Durante o curso, o graduando também tem contato com matérias generalistas como psicologia, sociologia e outras de procedimentos práticos, com atendimento real aos pacientes. 

 

Duração média 
Bacharelado – 8 a 10 semestres
Técnico – 3 a 4 semestres 

 

Mercado de Trabalho
Devido ao excesso de profissionais na área de enfermagem, atualmente, o aconselhável é procurar setores alternativos para o exercício da profissão. A área hospitalar e de saúde pública reúnem grande parte das oportunidades de trabalho, todavia, são as mais procuradas pelos profissionais. Com o envelhecimento da população brasileira, a demanda por especialistas em saúde da terceira idade vem aumentando. Além disso, unidades em cidades do interior também oferecem boas oportunidades, já que a maioria dos enfermeiros prefere atuar em hospitais de grandes centros urbanos. 

 

Formas de Atuação
O profissional graduado em Enfermagem conta com uma diversidade de oportunidades para exercício da profissão. Ele pode trabalhar em campos conhecidos, como atendimento hospitalar e pesquisas científicas, ou em áreas sem contato direto com pacientes, a exemplo da auditoria ou indústria farmacêutica.  O enfermeiro também tem a oportunidade de trabalhar como autônomo ou empresário, prestando serviços às empresas especializadas, em atendimento médico, consultorias etc; como professor em escolas de nível superior e/ou profissionalizantes; dentre várias outras funções.  

 

Campos de Atuação 
Assessoria e consultoria
(auditoria de procedimentos hospitalares, auxílio na montagem de unidades de saúde, etc.)

Atendimento domiciliar
(cuidado de pacientes em residências, auxílio ao paciente em exercícios terapêuticos e sua higiene pessoal, etc.)

Enfermagem geral
(coordenação de equipes de técnicos e auxiliares no atendimento de pacientes, etc.)

Enfermagem geriátrica
(atendimento de idosos em domicílios, casas de repouso, clínicas, hospitais, etc.) 

Enfermagem médico-cirúrgica
(cuidados pré e pós-operatório em prontos-socorros, clínicas, hospitais, etc.) 

Enfermagem obstétrica
(assistência a gestantes, parturientes e lactantes, acompanhamento de pré-natal, realização de exames, auxílio no parto e pós-parto, etc.) 

Enfermagem pediátrica
(acompanhamento e avaliação do desenvolvimento da criança, orientação aos pais quanto às técnicas e cuidados com recém-nascidos, etc.) 

Enfermagem psiquiátrica
(auxílio no tratamento de pacientes com distúrbios psicológicos, etc.) 

Enfermagem de resgate
(participação em equipes de salvamento de vítimas de acidentes, etc.) 

Enfermagem de saúde pública
(orientação sobre prevenção de doenças, promoção da saúde da coletividade, atendimento de pacientes, formação, capacitação e supervisão de agentes de saúde, etc.) 

Enfermagem do trabalho
(atendimento ambulatorial em empresas, acompanhamento de programas de prevenção, manutenção da saúde de funcionários, etc.) 

Ensino
(orientação de projetos de pesquisa, preparação de aulas teóricas e práticas, etc.) 

Gestão da qualidade
(avaliação e planejamento de processos assistenciais de segurança, etc.) 

Gestão de projetos
(administração e controle da abertura da ala hospitalar ou implementação de um novo protocolo, por exemplo, em clínicas e hospitais, etc.) 

Pesquisa clínica
(planejamento, implementação e coordenação de projetos de pesquisas em institutos de pesquisas e universidade, etc.) 

 

Regulamentação da profissão 
Lei nº 7.498 de 25 de junho de 1986

 

Quantidade média de profissionais
Cerca de 1,6 milhão de enfermeiros no Brasil em 2011

 

Remuneração média
R$ 1,5 mil a R$ 2 mil para profissionais recém-formados 

Se aprovado pela Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 4924/09 fixará os seguintes valores como piso salarial da enfermagem:
R$ 4.650 para enfermeiros
R$ 3.255 para técnicos de enfermagem
R$ 2.325 para auxiliares de enfermagem e parteiras

 

Exigências para exercício da profissão
Diploma de conclusão de curso de bacharelado em Enfermagem
Habilitação legal - Registro Profissional no Conselho Regional de Enfermagem

 

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como enfermeiro (a) ou estudante da área. Conte-nos!

VEJA TAMBÉM

1 2