Biomedicina

Biomedicina é a área responsável pela qualidade dos laboratórios e dos resultados de análises clínicas.

Publicado por Wanja Borges em Ciências Biológicas e da Saúde

Compartilhe

Maioria dos profissionais de Biomedicina se concentra nas áreas de docência, pesquisa e apoio ao diagnóstico
Maioria dos profissionais de Biomedicina se concentra nas áreas de docência, pesquisa e apoio ao diagnóstico

Grande responsável pela qualidade dos laboratórios e dos resultados de análises clínicas, o biomédico é considerado por muitos como um profissional de bastidores. Mesmo com ampla possibilidade de atuação, o exercício da profissão fica restrito à parte técnica, diferente da medicina que é mais voltada para o atendimento ao público e responsabilização do tratamento do paciente. 

Discreto, mas não menos importante, seu trabalho tem foco na coleta de materiais biológicos, análises clínicas para o diagnóstico de doenças, emissão de laudos, administração de laboratórios, desenvolvimento de procedimentos laboratoriais relativos à reprodução humana assistida, produção e controle de qualidade de insumos biológicos, como soros e vacinas, dentre outros. 

Apesar da similaridade no nome, biomedicina e medicina são bastante diferentes, a começar pelo tempo de duração do curso, foco, competência e salário. Contudo, as duas profissões são complementares e não concorrentes, já que ambas trabalham em parceria pela melhoria da qualidade de vida e tratamento de doenças. 

 

Público-alvo
O profissional interessado em cursar Biomedicina deve gostar de pesquisa e estudos, principalmente na área de biologia humana. Além disso, características como curiosidade, concentração, dedicação, liderança e capacidade de análise e interpretação são primordiais para o exercício da profissão. O domínio de ao menos uma língua estrangeira também é aconselhável, já que o trabalho conta com leituras que contêm vários termos científicos em inglês. 

 

O curso
Predominantemente composto por disciplinas de exatas, biológicas e humanas, o curso de Biomedicina também conta com matérias específicas, além de vivências práticas. Biologia celular, química, bioética, anatomia, biofísica, microbiologia, fisiologia, parasitologia, imunologia, farmacologia, bioquímica, saúde pública e toxicologia são alguns dos módulos que compõem a grade curricular da graduação. Além disso, normalmente, 20% da carga horária total do curso é destinada para o estágio supervisionado. 

 

Duração média 
Bacharelado – 8 a 10 semestres 
Técnico – 4 a 6 semestres 

 

Mercado de Trabalho
Apesar de ser uma profissão pouco conhecida, a Biomedicina está em constante ampliação. O mercado de trabalho é bastante amplo, mas a maioria dos profissionais se concentra nas áreas de docência, pesquisa e apoio ao diagnóstico. Hospitais, laboratórios e órgãos públicos de saúde também contam com biomédicos para a realização de pesquisas e testes. Dentre as áreas com grandes prospecções de ascensão, é possível destacar a análise forense, biologia molecular e pesquisas com células-tronco. Para os interessados na área de pesquisa, é necessário concluir mestrado e doutorado. 

 

Formas de Atuação
O profissional graduado em Biomedicina pode atuar em investigações criminais, fertilizações in vitro, reprodução humana, testes de paternidade, dentre outros. Além disso, o biomédico pode trabalhar em parceria com institutos de pesquisas em análises ambientais ou de alimentos, em assessorias a equipes de saúde pública, supervisão e controle de programas de prevenção de doenças e muito mais. As áreas de pesquisa, docência e análise clínica também contam com vários biomédicos. 

 

Campos de Atuação 
De acordo com o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), há 33 tipos de atuação que um biomédico pode exercer: 

Patologia Clínica (Análises Clínicas)
Biofísica
Parasitologia
Microbiologia
Imunologia
Hematologia
Bioquímica
Banco de Sangue
Virologia
Fisiologia
Fisiologia Geral
Fisiologia Humana
Saúde Pública
Radiologia
Imagenologia
Análises Bromatológicas
Microbiologia de Alimentos
Histologia Humana
Patologia
Citologia Oncótica
Análises Ambientais
Acupuntura
Genética
Embriologia
Reprodução Humana
Biologia Molecular
Farmacologia
Psicobiologia
Informática de Saúde
Anatomia Patológica
Toxicologia
Perfusão Extracorpórea
Sanitarista

 

Regulamentação da profissão 
Lei nº 6.684, de 3 de setembro de 1979

 

Remuneração média

R$ 1,4 mil a R$ 2 mil para profissionais recém-formados 

 

Exigências para exercício da profissão
Diploma de conclusão de curso de bacharelado em Biomedicina;
Habilitação legal - Registro Profissional no Conselho Regional de Biomedicina.

 

A opinião de quem entende
O Super Vestibular quer saber como é a sua experiência como biomédico (a) ou estudante da área. Conte-nos!

 

VEJA TAMBÉM

1 2