Home Ensino a distância Qual o público dos cursos a distância?

Qual o público dos cursos a distância?

Proatividade e disciplina são algumas das características que compõem o perfil do estudante de EaD.

Publicado por Wanja Borges em Ensino a distância

Compartilhe

Mulheres, de 18 a 30 anos, e que estudam e trabalham são maioria, hoje
Mulheres, de 18 a 30 anos, e que estudam e trabalham são maioria, hoje

Morar fora dos grandes centros urbanos e não dispor de tempo ou meio de transporte deixaram de ser as principais características dos alunos dos cursos de ensino a distância (EaD). Com a ascensão da modalidade, o perfil dos estudantes que decidiram trocar a sala de aula pelos meios e tecnologias de informação e comunicação modificou-se. Segundo o Censo EAD BR 2012/2013, divulgado pela Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), mulheres com idade de 18 a 30 anos e que estudam e trabalham são, atualmente, a maioria do público de cursos EaD.

Por outro lado, gênero, idade e ocupação não são os únicos fatores capazes de traçar esse perfil. Atributos como organização e comprometimento também são fundamentais, principalmente para encarar a rotina de estudos sozinho. Uma pessoa desorganizada e sem compromisso dificilmente conseguirá habituar-se com um curso EaD, pois corre o sério risco de não conseguir organizar os seus horários de estudo e acumular conteúdo. Manter o foco também é primordial, caso contrário, uma ligação telefônica ou uma notificação nas redes sociais pode ser o suficiente para os estudos serem interrompidos. 

Pessoas estudiosas, proativas e responsáveis também costumam ganhar vantagem nesse tipo de curso, principalmente porque conseguem administrar melhor o tempo disponível e possuem mais iniciativa para esclarecer as dúvidas que surgirem no decorrer do processo, além de buscarem materiais complementares para melhor aproveitamento do conteúdo. Outra questão é a facilidade com os ambientes virtuais. Essa habilidade não é fundamental, mas não deixa de ser importante, afinal, dominar as ferramentas e funcionalidades tecnológicas pode otimizar a atuação do estudante em fóruns de discussão, grupos de estudos e nas pesquisas feitas na internet.

A disciplina é outro preceito imprescindível, já que a educação a distância também conta com testes, trabalhos, provas, notas e frequências mínimas. Por último, mas não menos importante, vale ressaltar que o aluno é o sujeito de sua própria aprendizagem nessa modalidade. Isso significa que, mesmo parecendo mais fácil, inicialmente, o curso de ensino a distância funciona como qualquer outro que é ministrado presencialmente e, muitas vezes, até com mais exigência. O desempenho do aluno depende exclusivamente de seu esforço e dedicação, portanto, muita atenção na hora de escolher um curso EaD. Estudantes que não se enquadram nesse perfil podem ter sérias dificuldades de adaptação. E aí, você já está pronto? 

VEJA TAMBÉM

1 2