Home Notícias Para evitar fraudes, Enem 2017 terá aparelho que detecta ponto eletrônico

Para evitar fraudes, Enem 2017 terá aparelho que detecta ponto eletrônico

Medida de segurança foi anunciada pelo MEC nesta quinta-feira, 27 de setembro.

Publicado por Lorraine Vilela em 27 de Setembro de 2017 às 15:19 em Notícias

Compartilhe

Com o objetivo de evitar fraudes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, o Ministério da Educação (MEC) anunciou na tarde desta quarta-feira, 27 de setembro, que será utilizado um novo recurso de segurança que detecta o uso de pontos eletrônicos. 

Fique por dentro do que rola sobre o Enem!

A novidade foi anunciada no Encontro Nacional para Alinhamento Operacional do Enem 2017, em São Paulo, e atende às sugestões da Polícia Federal (PF) para evitar fraudes, já que estudantes foram pegos, em edições passadas, com o uso de pontos eletrônicos. 

Veja também: MEC exclui resultados de 13 participantes do Enem

O equipamento que será utilizado na detecção de pontos eletrônicos é um dispositivo que capta transmissões de radiofrequência de WiFi, Bluetooth e celulares. O aparelho identificará o estudante sem a necessidade de realização de busca pessoal. 

Outra medida que fortalece a segurança já havia sido divulgada no edital e foi destacada no encontro: as provas serão personalizadas com nome e número de inscrição do candidato. 

Nas edições anteriores, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já havia implantado algumas medidas para reforçar a segurança, tais como a coleta da impressão digital para o registro biométrico do participante, o uso de detector de metais, intervalo de 30 minutos entre o fechamento dos portões e início do exame e abertura dos malotes de provas somente na presença de todos os estudantes, já em sala de aula. 

Acessibilidade

O Inep liberou ontem (26) um vídeo explicando como funcionará a videoprova traduzida em Língua Brasileira de Sinais (Libras), recurso que será inaugurado no Enem 2017. 

A explicação da videoprova também está em libras, com legendas em português. Além desta modalidade, o participante também teve a opção de escolher o auxílio do interprete de libras e leitura labial. 

A videoprova será utilizada por 1.897 participantes, enquanto 1.489 terão o acompanhamento do tradutor-intérprete. Já a leitura labial será feita para mil pessoas. Aproximadamente 52 mil estudantes solicitaram atendimento especializado, sendo 4.957 com algum tipo de deficiência auditiva e 2.184 surdos. 

Enem 2017

O Enem 2017 será realizado nos dias 5 e 12 de novembro, a partir das 13h (horário de Brasília). O primeiro dia contará com 90 questões de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas, além da Redação. O segundo trará 90 perguntas sobre Matemática e Ciências da Natureza. 

O resultado do Enem 2017 está previsto para o dia 19 de janeiro de 2018. Sua nota pode ser usada para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2018, que seleciona estudantes para instituições públicas de ensino; no Programa Universidade Para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudos de 50% a 100% e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que possibilita ao candidato financiar seu curso totalmente ou de forma parcial. 

Mais informações nos sites do MEC e do Inep

VEJA TAMBÉM

1 2