Home Enem Dicas para o Enem O que não levar e não fazer no dia do Enem?

O que não levar e não fazer no dia do Enem?

Uma simples e despercebida escorregada pode resultar na eliminação do candidato no Enem.

Publicado por Wanja Borges em Dicas para o Enem

Compartilhe

Utilização do celular durante as provas é uma das proibições do Enem que pode acarretar em eliminação do candidato
Utilização do celular durante as provas é uma das proibições do Enem que pode acarretar em eliminação do candidato

Pior do que não conseguir um bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é ser eliminado do processo seletivo em decorrência da adoção de hábitos ou porte de objetos proibidos. Neste caso, todos os dias e noites dedicados aos estudos são jogados no lixo e, o mais sério, por culpa única e exclusiva do próprio estudante. 

Anualmente, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) inclui no Edital que rege o Exame as restrições e obrigações dos participantes a fim de alertá-los sobre os riscos de eliminação. Entretanto, parcela significativa ainda ignora ou desconhece as regras estabelecidas, o que vem resultando em crescentes índices de desclassificação.     

A pergunta que fica é: será que realmente vale a pena desperdiçar a intensa rotina de estudos e essa grande oportunidade da vida acadêmica por pura falta de atenção? Com certeza, não. Pensando nisso, o Super Vestibular decidiu facilitar a vida dos vestibulandos e “traduzir” as normas e proibições listadas no Edital do Enem para garantir sua participação no Exame. 

Em primeiro lugar, vale ressaltar que o candidato que comparecer ao local de prova às 13 horas, ou depois desse horário, será automaticamente impossibilitado de participar do processo seletivo, por isso, quanto mais cedo ele se apresentar à universidade listada no Cartão de Confirmação de Inscrição, menor o risco de eliminação. 

Durante a realização das provas, o candidato deverá portar apenas caneta esferográfica de tinta preta de material transparente, documento de identificação com foto e Cartão de Confirmação de Inscrição. Esses três objetos são obrigatórios. Por outro lado, lápis, lapiseira, borracha, caneta de material não transparente, livros, anotações e impressos gerais são proibidos. 

Além disso, dispositivos eletrônicos, como calculadora, agenda eletrônica, celular, tablet, ipod, gravador, pen drive, mp3, relógio, receptores e transmissores de dados e mensagens também são vedados. Candidatos com armas, óculos escuros, bonés, chapéus, viseiras e gorros, se detectados, também são desclassificados do processo seletivo. 

Outro agravante são as consultas e comunicações entre participantes durante a realização das provas. Tal prática também pode resultar em eliminação, assim como a saída do candidato, em definitivo, antes de decorridas duas horas do início das provas ou com o Cartão-Resposta, Folha de Redação e/ou Folha de Rascunho. 

As redações com menos de sete linhas também são desclassificadas e, consequentemente, zeradas. Fuga do tema ou do gênero, reprodução dos textos da coletânea, deboches e palavrões e desrespeito aos direitos humanos também podem acarretar em sérios prejuízos para o estudante e, consequentemente, no seu desempenho no Enem.  

Para todas essas regras, não existem exceções, principalmente porque elas são adotadas para garantir a segurança da prova e evitar falhas graves no processo seletivo, por isso, o melhor a fazer é segui-las ao pé da letra. De nada vale estar preparado se, por uma bobeira, você poder ser desclassificado do Enem. Mais do que preparação, é preciso foco e atenção. 

VEJA TAMBÉM

1 2