Home Notícias Inep elimina mais de 1,5 candidatos do Enem 2013 por fraude

Inep elimina mais de 1,5 candidatos do Enem 2013 por fraude

Instituto está acompanhando, juntamente com a PF, os desdobramentos da Operação Hemostase que poderá indicar possíveis fraudadores do Exame.

Publicado por Érica Caetano em 23 de Dezembro de 2013 às 08:13 em Notícias

Compartilhe

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) informou na última sexta-feira, 20 de dezembro, que foram eliminados durante as provas da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013, realizadas nos dias 26 e 27 de outubro, 1.522 candidatos que tentaram de alguma forma fraudar os testes utilizando equipamentos eletrônicos e pontos de escuta. Também foram eliminados outros 36 por postagem de imagens das provas em redes sociais.

O Instituto afirmou que ainda não é possível saber se entre esses candidatos eliminados por fraude estão algum dos supostos beneficiados pelo esquema de fraude desarticulado e investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais, através da Operação Hemostase. 

Leia mais sobre aqui

A quadrilha, iniciada na cidade mineira de Caratinga, fraudava vestibulares do curso de Medicina em faculdades particulares. Durante os nove meses de investigação, foram identificados diálogos dos fraudadores a respeito de uma suposta fraude no Enem, que seria feita por meio de ponto eletrônico. Mas a Polícia Civil ainda não repassou para o Inep nenhum nome de suposto candidato beneficiado pelo esquema.

Em nota, o Inep informou que está acompanhando os desdobramentos da operação e que até o momento, de acordo com a polícia, não existe qualquer elemento que indique que algum candidato tenha sido beneficiado. Mais de 5 milhões de pessoas fizeram o Enem 2013 e o resultado está previsto para a primeira semana de janeiro de 2014.

*com informações do Inep

 

VEJA TAMBÉM

1 2