Home Enem Por que fazer Enem e ProUni

Enem e ProUni

Prouni utiliza a média da última edição do Enem como critério de seleção para a concessão de bolsas de estudo.

Publicado por Wanja Borges em Por que fazer

Compartilhe

Através do desempenho do estudante no Enem, Prouni concede bolsas de estudo integrais e parciais em universidades privadas
Através do desempenho do estudante no Enem, Prouni concede bolsas de estudo integrais e parciais em universidades privadas

O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado pelo Ministério da Educação (MEC), em 2004, com a finalidade de conceder bolsas de estudo integrais e parciais para estudantes de instituições privadas de educação superior. Como critério de seleção, o programa utiliza a média do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde que ultrapasse o valor mínimo de 450 pontos, sem ter zerado a redação. Isso significa que a garantia das bolsas de estudos está diretamente vinculada ao bom desempenho do candidato no Exame. 

Saiba mais sobre o ProUni

Contudo, para participar da seleção o estudante também precisa preencher alguns requisitos socioeconômicos, como: ter renda familiar per capita de até três salários mínimos, ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou parte do ensino médio em escola privada com bolsa integral, ser portador de deficiência física ou ser professor da rede pública de ensino básico, concorrente de cursos de pedagogia, normal superior ou de licenciatura. Nesse último caso a média no Enem não é exigida.

O ProUni é realizado duas vezes ao ano, sempre no início do primeiro e segundo semestres. As inscrições são feitas pelo site do ProUni através de CPF, número de inscrição no Enem do ano anterior e senha. No ato da inscrição, o candidato informa duas opções de curso, instituição e tipo da bolsa (parcial ou integral).

VEJA TAMBÉM

1 2