Home Notícias Enem 2017: Candidatos surdos terão tradutores durante as provas

Enem 2017: Candidatos surdos terão tradutores durante as provas

Medida será adotada pela primeira vez e em caráter experimental

Publicado por Érica Caetano em 26 de Abril de 2017 às 11:01 em Notícias

Compartilhe

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou que estudantes surdos ou com alguma deficiência auditiva poderão contar com tradutores especializados em língua brasileira de sinais (Libras) e vídeos explicativos, como auxílio e orientação nas provas da edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Pela primeira vez, e em caráter experimental, a medida tem como objetivo atender uma parcela antiga desses candidatos. As provas desses participantes serão realizadas em salas adaptadas e separadas dos demais candidatos. Cada uma terá até seis participantes e dois intérpretes. 

Os intérpretes esclarecerão dúvidas desde que as mesmas não interfiram nas respostas às questões, bem como traduzir informações gerais sobre a aplicação transmitidas pelos chefes de sala. 

Para os participantes surdos e cegos, serão oferecidos guia-intérprete, prova ampliada, superampliada, em braille, tradutor-intérprete de libras, leitura labial, ledor, transcritor e sala de fácil acesso.

Além disso, os candidatos com deficiências como surdez, cegueira, déficit de atenção, dislexia e discalculia ou outra condição especial também poderão solicitar tempo adicional, desde que o requerimento seja realizado no ato da inscrição, com apresentação de laudo comprobatório.

Gestantes e idosos também poderão solicitar atendimento especializado. Já aqueles que informem atendimento específico também poderão solicitar itens como bombinha (para portadores de asma), cadeira de rodas ou outra condição específica, no ato da inscrição.

Enem 2017

As inscrições do Enem 2017 serão recebidas a partir das 10h do dia 08 de maio e os estudantes poderão fazer o cadastro até as 23h59 do dia 19 seguinte. A taxa este ano custa R$ 82, o que gerou grande insatisfação nos estudantes.

Também foram feitas mudanças quanto as regras para a concessão de isenção de taxa. A partir desta edição, a isenção para estudantes de baixa renda não será mais por autodeclaração. O sistema de inscrição será integrado ao CadÚnico e a isenção será concedida automaticamente quando o estudante informar o seu Número de Identificação Social (NIS).

Provas

Já as provas do Enem serão aplicadas em 05 e 12 de novembro, dois domingos consecutivos, e não em um final de semana, como costumava acontecer. A medida foi tomada para não prejudicar os sabatistas, que precisavam aguardar até o pôr do sol em uma sala fechada para então começarem a fazer as provas.

O resultado do Enem 2017 será divulgado na data provável de 19 de janeiro de 2018. As notas poderão ser usadas no Sistema de Seleção Unificada (SiSU), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Programa de Financiamento Estudantil (FIES). 

Mais detalhes podem ser visualizados no Edital.

*com informações do Portal Brasil

VEJA TAMBÉM

1 2