Home Enem Como saber se passei no Enem?

Como saber se passei no Enem?

Tire suas dúvidas sobre uma das mais importantes questões relativas ao maior exame educacional do Brasil

Publicado por Silvia Tancredi em Enem

Compartilhe

Aprovado no Enem
Aprovado no Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado em 1998 pelo Ministério da Educação (MEC) para medir a qualidade do ensino brasileiro e o conhecimento que os estudantes têm sobre as matérias ministradas na escola. Com o passar dos anos as funções do Enem foram aumentando e, atualmente, podemos considerar que a principal delas é possibilitar o ingresso a instituições de ensino superiores.

As provas do Enem são aplicadas no terceiro e último ano do ensino médio. São 180 questões de disciplinas enquadradas em quatro áreas do conhecimento e a produção de uma redação. Mas, como o estudante sabe se passou no Enem? 

Diferente dos vestibulares, nos quais os candidatos fazem as provas e, depois, obtêm a classificação, no Enem não há lista de aprovados. Isso também quer dizer que fazer o exame educacional não é garantia de ingresso direto às universidades. Para isso, os estudantes devem ficar atentos às instituições que adotam essa modalidade de ingresso e, em seguida, participar de outro processo seletivo.

Confira como são calculadas as notas do Enem

O Enem costuma ser feito em novembro. Dois ou três meses depois, o Instituto de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao MEC, além de soltar as notas dos estudantes, libera os desempenhos mínimos e os máximos de todos os candidatos nas provas das quatro áreas do conhecimento. 

Para terem ideia de como saíram no exame, os estudantes podem comparar as próprias médias com os desempenhos mínimos e os máximos divulgados pelo Inep. Com as notas em mão, os alunos sabem se podem utilizar a pontuação para ingressar em universidades por meio destes programas: Sistema de Seleção Unificada (SiSU) e Programa Universidade para Todos (ProUni).

Saiba mais sobre os programas e o desempenho mínimo exigido para poder utilizá-los:

ProUni: o programa oferta bolsas de estudo em instituições particulares para candidatos que não têm condições econômicas de pagarem as mensalidades. Somente podem se cadastrar os que fizeram as provas da última edição do Enem e que obtiveram, no mínimo, 450 pontos na média dos cinco testes, sem zerar a redação.

Tire suas dúvidas sobre o ProUni

SiSU: várias instituições públicas adotam essa modalidade de ingresso, por meio da qual são usadas as notas da última edição do Enem. Não é necessário média mínima, mas não se pode zerar a redação. É importante ressaltar que cada instituição estipula a média que considera a mais adequada para o ingresso em cada curso. Por isso, os candidatos devem ficar atentos à exigência de cada universidade.

Notas de corte do SiSU 2015/1

Segundo dados primeira edição de 2015 do SiSU, quase 130 instituições de ensino do Brasil ofereceram mais de 205 mil vagas em diversos cursos. Na madrugada do último dia de inscrições, o MEC divulgou os pontos de corte de cada curso, ou seja, a média mínima no Enem para conseguir vaga em determinado curso. Veja abaixo alguns deles:

Administração
Menor: 537,28 na UFPR, em Chopinzinho/PR
Maior: 761,64 na USP, em Piracicaba/SP

Agronomia ou Engenharia Agronômica
Menor: 549,36 na UESPI, em Corrente/PI
Maior: 740,40 no IFTM, em Uberaba/MG

Arquitetura e Urbanismo
Menor: 674,34 na UFT, em Palmas/TO
Maior: 767,94 no IFMG, em Santa Luzia/MG

Ciências da Computação
Menor: 505,47 na UNEMAT, em Alto Araguaia/MT
Maior: 782,85 no IFCE, em Maracanaú/CE

Direito
Menor: 658,1 na UESPI, em Corrente/PI
Maior: 832,02 na UFF, em Volta Redonda/RJ

Enfermagem
Menor: 621,52 na UESPI, em Floriano/PI
Maior: 747,52 na UFRN, em Santa Cruz/RN

Engenharia Civil
Menor: 648,56 no IFS, em Estância/SE
Maior: 896,32 no IFCE, em Fortaleza/CE

Engenharia Elétrica
Menor: 612,42 na Unipampa, em Alegrete/RS
Maior: 779,15 na Unifesspa, em Marabá/PA

Jornalismo
Menor: 613,92 na UESPI, em Picos/PI
Maior: 806,46 na USP, em São Paulo/SP - turno matutino

Medicina
Menor: 762,22 na UFERSA, em Mossoró/RN
Maior: 899,80 na UFRN, em Natal/RN

Medicina Veterinária
Menor: 635,95 na UFPI, em Bom Jesus/PI
Maior: 763,74 na UFPR, em Palotina/PR

Nutrição
Menor: 624,23 na Unicentro, em Guarapuava/PR
Maior: 759,34 na UFRJ, no Rio de Janeiro/RJ

Publicidade e Propaganda
Menor: 654,84 na UFMT, em Cuiabá/MT
Maior: 793,41 na USP, em São Paulo/SP - turno noturno

Odontologia
Menor: 708,21 na UESPI, em Parnaíba/PI - turno noturno
Maior: 781,88 na UFRJ, no Rio de Janeiro/RJ

Relações Internacionais
Menor: 670,03 na UFRR, em Boa Vista/RR
Maior: 761,29 na UFRJ, no Rio de Janeiro/RJ

Saiba como se inscrever no SiSU

Fies

Quem já fez as provas do Enem também pode utilizar o desempenho alcançado para financiar sua graduação por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Assim como no ProUni, o estudante já matriculado em curso superior também pode participar.

De acordo com esta portaria de dezembro de 2014, os estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 somente poderão ter acesso ao financiamento se tiverem alcançado média de 450 pontos nas cinco notas do Enem, sem obter nota zero na redação.

Confira a diferença entre SiSU, ProUni e Fies

VEJA TAMBÉM

1 2