Home Dicas Pronto para morar em uma república?

Pronto para morar em uma república?

Ao ser aprovado em instituições fora de sua cidade natal, muitos jovens precisam recorrer a repúblicas de estudantes.

Publicado por Érica Caetano em Dicas

Compartilhe

Morar em república pode render grandes amizades
Morar em república pode render grandes amizades

Em época de vestibular, muitos estudantes realizam provas em inúmeras instituições, inclusive fora de sua cidade natal. Quando sai o resultado e ele é aprovado na faculdade longe de casa, iniciam as dúvidas e preocupações. A maior delas está relacionada à moradia. Onde morar, já que não conheço ninguém na nova cidade onde irei estudar. Uma das opções é morar em uma república universitária

São chamadas de repúblicas as moradias divididas apenas por estudantes. Geralmente, uma casa ou apartamento com um determinado número de alunos de uma mesma instituição ou mesmo curso. Apesar de parecer simples morar nesses locais, é preciso ter responsabilidade e maturidade para conviver de forma coletiva.

Como é morar em república

Morar em repúblicas possui inúmeros pontos positivos, afinal de contas, o universitário aprende a viver em comunidade, administrando seu tempo, dinheiro e obrigações. Além disso, acaba conhecendo e fazendo novas amizades. Por outro lado, em virtude do grande número de pessoas vivendo juntas em um mesmo ambiente, se o estudante não souber lidar com os demais colegas, pode ocasionar grandes transtornos.

Os hábitos e os costumes de cada indivíduo são diferentes um dos outros. Uns gostam de ouvir um tipo de música, outros preferem ouvir som com volume mais alto. Uns gostam de banho frio, outros de banho quente. Uns não conseguem dormir cedo, outros precisam levantar bem cedo. Uns são bem bagunceiros, outros rigorosamente organizados e assim por diante.

Se você for extremamente organizado e muito perfeccionista, pode demorar a se acostumar ou até mesmo não se adaptar à vida nas repúblicas, mas, aprendendo a conviver com as diferenças uns dos outros de forma saudável, respeitosa e flexível, a experiência se tornará muito rica.

Evitando problemas

Para evitar problemas futuros e maiores transtornos, é importante que a república estabeleça regras aos moradores logo de início. É necessário alinhar questões em relação a horários e limpeza, por exemplo. Manter uma rotina de organização da área comum da república ou até mesmo estabelecendo quem ficará responsável pela limpeza dela a cada semana, dias em que cada componente ficará responsável pela retirada do lixo e varredura do espaço etc. As normas estabelecidas precisam ser negociadas e obedecidas, a fim de evitar problemas decorrentes do seu não cumprimento.

Organizar as contas da casa também é fundamental. Não é nada agradável lembrar que a água do banho está gelada porque alguém se esqueceu de pagar a conta, não é mesmo?! Para não passar por essa e outras situações é interessante predefinir com os colegas a maneira de lidar com as despesas.

O tempo durante o banho também deve ser avaliado pelo morador. Passar horas no banho já não é uma atitude legal quando se mora com a família, por conta do desperdício de água, imagina agora com outros companheiros que precisam utilizar o mesmo banheiro que você. Portanto, evite deixar os colegas esperando. Em caso de urgência para utilizar algum cômodo do imóvel, por conta de compromissos, é melhor conversar e informar para não causar desentendimento e um possível mal-estar.

Atente também ao barulho. Esse item está entre as principais queixas de vizinhos de república. Além dos vizinhos, os próprios colegas de república podem se incomodar com o barulho em excesso. Por isso, lembre-se de respeitar os limites.

E, por último, mas não menos importante, informe aos moradores da república com antecedência caso for levar alguém para dormir na residência, quer seja amigos ou namorado(a). Quando se mora com outras pessoas, todos precisam se sentir confortáveis. Caso necessário, inclua esta questão nas regras da casa.

Sabendo respeitar o espaço do outro e seguindo as normas e preceitos estabelecidos pelos moradores, viver em república pode ser muito divertido e válido na vida do estudante como processo de amadurecimento.

VEJA TAMBÉM

1 2