Home Dicas O papel dos pais na fase pré-vestibular

O papel dos pais na fase pré-vestibular

Muitos pais não sabem como agir ou ajudar os filhos que passam pela fase do pré-vestibular.

Publicado por Érica Caetano em Dicas

Compartilhe

Os pais devem estar com os filhos na fase pré-vestibular
Os pais devem estar com os filhos na fase pré-vestibular

Maior que a ansiedade dos estudantes que vão prestar vestibular, somente a dos pais, que acompanham de perto toda a trajetória e tentam auxiliar ao máximo seus rebentos. Porém, muitos, ao invés de ajudar, acabam por atrapalhar ou apavorar os filhos. Essa situação acontece em grande parte das vezes de forma não intencional.

Nesse momento tão importante da vida do filho, os pais devem procurar amenizar qualquer situação de estresse e ansiedade, dando todo o apoio necessário e direcionando, na medida do possível, todas as dúvidas e impasses que possam vir a aparecer no decorrer da preparação.

Um item apontado por psicólogos educacionais como o principal motivo dos desentendimentos familiares na época do vestibular está ligado à escolha da carreira e da faculdade. Por conta de discordarem das opções, pais e filhos acabam entrando em conflito, afastando-se um dos outros e perdendo essa relação e vínculo tão importante, principalmente nesta fase, em que é fundamental que a família esteja toda unida.

Esses impasses precisam ser resolvidos de maneira harmônica e no diálogo, para que se consiga chegar ou se aproximar de uma decisão em comum, que agrade ambas as partes. Caso a decisão do filho não seja a que realmente os pais desejam, é preciso ser tolerante. Essa discordância nítida de opiniões quanto às escolhas do filho traz uma angústia muito grande ao estudante que se prepara para as provas, podendo prejudicar seu rendimento.

Compreensão

Muitos pais também precisam entender que o aluno que se prepara para o vestibular tem que se dedicar integralmente aos estudos. Isso inclui muitas horas de estudos e abdicação de programas de lazer com a família, além da convivência com os demais familiares. Alguns pais tendem a cobrar do filho a presença em reuniões familiares e de amigos. Entretanto, esta é a hora em que a compreensão precisa prevalecer, pois toda a dedicação do vestibulando deve se concentrar no vestibular. No tempo que restar ele deve descansar a mente.

A família, principalmente os pais, precisa colaborar com a rotina puxada de estudos do filho, organizando a casa com horários e evitar os excessos de reuniões e visitas. O estudante precisa de tranquilidade no ambiente em que vive. A casa deve evitar barulhos, para não prejudicar a concentração do candidato. A intromissão constantemente por crianças, empregadas, animais, entre outros, também pode prejudicar.

Respeito

É muito importante que os pais respeitem as decisões do filho. É ele quem deve decidir o que pretende seguir como carreira. Os pais podem e devem orientá-lo, auxiliá-lo, mas nunca podem passar por cima da vontade do filho. Essa imposição pode prejudicá-lo por uma vida toda, pois ele não será satisfeito com o que escolher trilhar profissionalmente e, consequentemente, não será um bom profissional. Oriente, auxilie, mas respeite o que ele optar. Esse será o caminho mais feliz e benéfico para toda a família.

VEJA TAMBÉM

1 2