Home Dicas Cursinho ou faculdade particular?

Cursinho ou faculdade particular?

Dúvida aflige grande parte dos vestibulandos atualmente. Critérios podem ser analisados para facilitar a escolha entre cursinho ou faculdade particular.

Publicado por Wanja Borges em Dicas

Compartilhe

Antes de decidir entre cursinho ou faculdade particular, estudante deve avaliar seus objetivos pessoais e profissionais
Antes de decidir entre cursinho ou faculdade particular, estudante deve avaliar seus objetivos pessoais e profissionais

Passar no vestibular de primeira, em uma renomada universidade pública, e acabar de uma vez por todas com as intensas rotinas de estudo. É por este motivo que, cada vez mais, estudantes têm trocado o lazer e o descanso por livros e apostilas e se dedicado, integralmente, à realização deste sonho. Mas o que fazer quando as coisas não acontecem conforme o planejado? Desistir ou adaptar os planos? Essa é a dúvida que aflige muitos vestibulandos aprovados em faculdades privadas. 

Enquanto parte deles desiste da universidade pública e decide seguir em frente, outra parcela prefere passar mais um ano nos bancos dos cursinhos e tentar outra vez. Mas quais os prós e contras dessas duas decisões? Quais aspectos devem ser analisados? Em primeiro lugar, é preciso avaliar o objetivo do aluno, o perfil do curso em cada instituição e a qualidade de ensino nas duas universidades. Ponderar o custo-benefício das duas opções e o rendimento e dedicação do estudante em cada uma delas também é uma boa alternativa. 

Se o candidato acabou de sair do Ensino Médio, por exemplo, não há motivo para ter pressa. Nesses casos, o aconselhável é tentar um cursinho já que o conteúdo ministrado nos cursos preparatórios tende a ser mais focado nos vestibulares. Em contrapartida, se o estudante tem a necessidade de trabalhar e seu rendimento ainda não está à altura do exigido para a aprovação, o ideal é analisar a oportunidade da faculdade particular, já que a dedicação exclusiva ao vestibular se torna inviável.   

Os cursinhos semiextensivos são uma boa opção para os estudantes que não querem perder tempo e, muito menos, desistir do sonho da universidade pública. Para alguns, estudar seis meses pode resultar em mais conhecimento, preparação e segurança para tentar outra vaga em um processo seletivo semestral. Segundo especialistas, o ideal é que os estudantes tentem uma vaga em uma universidade pública pelo menos três vezes antes de decidir pela particular. 

Entretanto, existem os mais ansiosos que preferem se dedicar, imediatamente, ao ensino superior, seja ele público ou privado. Outra questão importante é a condição financeira do candidato. Se a universidade for privada, mas estiver localizada na cidade de origem, os gastos serão restritos à mensalidade. Por outro lado, se a instituição pública estiver localizada em outro município e/ou estado, o estudante terá gastos com moradia, transporte etc. 

É importante lembrar que estudar em uma faculdade renomada não te dá a garantia de ser um bom profissional. Isso depende muito mais do desempenho do aluno. Vale ressaltar também que a decisão pelo cursinho ou faculdade particular depende exclusivamente do vestibulando. Somente ele poderá dizer até que ponto seus objetivos pessoais e profissionais merecem esforço ou mudança de planos. O mais importante é se esforçar para fazer o melhor. Com dedicação e empenho, qualquer escolha é certa. 

VEJA TAMBÉM

1 2