Home Dicas Conferir ou não o gabarito do vestibular?

Conferir ou não o gabarito do vestibular?

Ao realizar a prova do vestibular, bate aquela insegurança em conferir ou não o gabarito.

Publicado por Érica Caetano em Dicas

Compartilhe

O receio em conferir a atuação no vestibular faz com que jovens fiquem em dúvida quanto a olhar ou não o gabarito
O receio em conferir a atuação no vestibular faz com que jovens fiquem em dúvida quanto a olhar ou não o gabarito

Assim que o vestibulando deixa a sala onde fazia prova, ele é tomado por aquela mistura de sentimentos que vão do alívio, pela prova ter acabado, à ansiedade, para averiguar o gabarito. Mas por mais incrível que possa parecer, existem aqueles que optam por não conferir as respostas com receio do resultado e de possíveis frustrações.

Para o estudante que deseja apurar o gabarito, a agonia é a mesma, já que através da conferência ele poderá verificar bons resultados, mas também poderá não ter alcançado a pontuação suficiente para uma próxima etapa ou até mesmo para a aprovação. Portanto, o medo de se decepcionar é geral.

Se você tomou coragem, conferiu e se deu bem, parabéns! Mas se você conferiu e viu que não foi dessa vez, respire fundo e conforme-se. Levante a cabeça, avalie quais foram os seus pontos fracos para iniciar novamente a dedicação ao vestibular pegando firme nas falhas.

A questão de conferir ou não o gabarito é uma decisão muito pessoal. Existem aqueles que decidem não olhar e não sofrem com isso, até esquecem e só se preocupam quando realmente o resultado oficial sai, e ele pode então tirar a prova se acertou ou não as questões. Já se você escolheu não conferir, mas fica “matutando” aquilo o tempo todo, não conseguindo se concentrar ou pensar em outra coisa, talvez seja aconselhável que você veja logo o gabarito. Assim, poderá saber quais diretrizes tomar em seguida, se é a de comemorar ou iniciar o processo de estudos novamente.

Outro ponto que deve ser pesado pelo estudante que está na dúvida sobre conferir ou não as provas é que ele pode se surpreender. Por exemplo, o candidato pode conferir que foi mal no primeiro dia e que precisará se dedicar bem mais nos próximos dias de prova (caso haja), avaliando os pontos a que deve se prender, preocupar-se etc. Há casos também que a conferência revela grandes surpresas, como sair muito melhor do que se esperava.Mas essa decisão dependerá única e exclusivamente do estudante. Só você poderá saber o que fazer, não existe uma regra geral. Cada vestibulando deverá agir como se sentir melhor. Boa sorte!

VEJA TAMBÉM

1 2