Home Dicas As principais causas da reprovação no vestibular

As principais causas da reprovação no vestibular

Reprovação no vestibular nem sempre está relacionada somente a aspectos educacionais.

Publicado por Wanja Borges em Dicas

Compartilhe

Se você foi reprovado no vestibular, mantenha a calma, analise os passos em falso e reflita sobre suas escolhas
Se você foi reprovado no vestibular, mantenha a calma, analise os passos em falso e reflita sobre suas escolhas

Estudar para o vestibular nunca foi, e nem será, garantia de aprovação. A cada processo seletivo cresce o número de vestibulandos que chegam a essa constatação. Ainda assim, as causas das reprovações continuam sendo imperceptíveis para grande parte deles. Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que os motivos do “fracasso” não se restringem somente aos aspectos relacionados ao estudo, como falta de orientação ou adoção do método errado. 

Existem muitos vestibulandos que se dedicam, integralmente, ao sonho de conseguir uma vaga no ensino superior e, ainda assim, são reprovados. Mas por que isso acontece? Para muitos, o momento escolhido para prestar um vestibular ainda não é o certo. A escolha do curso e, consequentemente, da profissão tem sido imposta cada vez mais cedo, o que vem gerando insegurança e indecisão a alguns estudantes.

O que eu quero?

Essa dúvida acaba resultando, muitas vezes, em uma falta de dedicação e interesse do candidato. “Para que se matar de estudar se eu nem sei se é isso mesmo que eu quero?” Esse é um dos questionamentos responsáveis pela dispersão e falta de convicção do vestibulando, além do prejuízo aos estudos. A falta de estrutura educacional nos ensinos fundamental e médio também pode prejudicar a atuação de muitos jovens nessa disputa.

Por outro lado, até os estudantes decididos e que possuem uma boa base educacional correm esse risco, seja por problemas familiares que afetam diretamente o seu desempenho, seja por conta da pressão pessoal e/ou familiar pela aprovação. Além disso, transformar o momento em único pode aumentar ainda mais a tensão, medo e ansiedade, prejudicando o desempenho do candidato na hora da prova.

Fatores psicológicos

Uso de bebidas e entorpecentes, além dos problemas psicológicos decorrentes da adolescência também são fatores que possuem parcela de responsabilidade nas reprovações. O famoso “branco” também é outro inimigo do vestibulando, que costuma surgir justamente por conta do nervosismo e estresse exacerbado. A busca de ajuda profissional, geralmente de psicólogos, é uma das alternativas mais adotadas pelos pais para auxiliarem os filhos no controle emocional. 

Assim como existem outras inúmeras causas de reprovações, também existem outras chances de passar no processo seletivo, por isso, sem desesperos. Se você foi reprovado, mantenha a calma, analise os passos em falso e reflita sobre suas escolhas. Essa é a hora de reavaliar o curso e faculdade escolhida, os métodos de estudo e amadurecer sua decisão. Enfrentar o “fracasso” como uma oportunidade é a melhor forma de conseguir êxito no futuro que, diga-se de passagem, nem está tão distante.     

VEJA TAMBÉM

1 2